Mais de 273 mil eleitores correm risco de ter os títulos cancelados no Maranhão

Até 4 de maio, o cidadão pode resolver pendências como, tirar o título, fazer transferência de domicílio eleitoral e justificar ausências nas 3 últimas eleições.

Mais de 273 mil eleitores correm risco de ter os títulos cancelados no Maranhão — Foto: Igor do Vale / G1

No dia 4 de maio termina o prazo para regularizar o título eleitoral ou solicitar a primeira via do documento para votar nas Eleições 2022. Apesar de faltar menos de quatro meses para o fim do prazo, no Maranhão ainda há 273. 973 eleitores que correm risco de ter os títulos cancelados e, com isso, serem impedidos de votar nas eleições de 2022, por conta de pendências com a Justiça Eleitoral.

O cancelamento do título acontece quando o eleitor não votou e não justificou a ausência nos últimos três turnos consecutivos. Para que o título volte a valer o procedimento é simples, rápido e pode ser feito pela internet, através do sistema Título Net. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA) ressalta que, enquanto a pandemia durar, não haverá coleta de dados biométricos.

Governo publica portaria que aumenta teto do INSS para R$ 7.087

Segurados terão reajuste de 10,16% nos benefícios, mas índice vale apenas para quem recebia o pagamento em janeiro de 2021; para quem teve o benefício concedido ao longo do ano passado, percentual cai, dependendo do mês de início de recebimento.

Agência da Previdência Social; INSS — Foto: Divulgação

O governo publicou no “Diário Oficial da União” desta quinta-feira (20) a portaria interministerial que reajusta os benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Aposentados e pensionistas do INSS que recebem benefícios acima do salário mínimo terão reajuste de 10,16% na remuneração.

Com o reajuste, o teto dos benefícios do INSS passa de R$ 6.433,57 a R$ 7.087,22.

Pela legislação federal, o índice de reajuste do benefício de aposentados e pensionistas que recebem valor superior ao do salário mínimo é definido pela variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior.

O reajuste de 10,16% vale apenas para quem estava recebendo os pagamentos em 1º de janeiro do ano passado. Os segurados que começaram a receber benefícios do INSS a partir de fevereiro de 2021 terão percentual menor de reajuste porque não receberam 12 meses cheios de pagamentos. Assim, o percentual de reajuste fica menor quanto mais tarde for a data de início do benefício. Veja abaixo:

  • Até janeiro de 2021: 10,16%
  • Em fevereiro de 2021: 9,86%
  • Em março de 2021: 8,97%
  • Em abril de 2021: 8,04%
  • Em maio de 2021: 7,63%
  • Em junho de 2021: 6,61%
  • Em julho de 2021: 5,97%
  • Em agosto de 2021: 4,90%
  • Em setembro de 2021: 3,99%
  • Em outubro de 2021: 2,75%
  • Em novembro de 2021: 1,58%
  • Em dezembro de 2021: 0,73%

Já para quem ganha o benefício no valor do salário mínimo, o piso nacional passou para R$ 1.212 desde 1º de janeiro. Por lei, aposentadorias, auxílio-doença, auxílio-reclusão e pensão por morte pagas pelo INSS não podem ser inferiores a 1 salário mínimo.

Veja abaixo como ficam os valores reajustados de acordo com o novo salário mínimo e INPC – valores referentes a mais de um salário mínimo englobam quem estava recebendo os pagamentos em 1º de janeiro de 2021.

Com o reajuste de 10,16% para beneficiários doINSS que recebem valores acima de um salário mínimo, o aumento será pouco menor que o do salário mínimo, que teve alta de 10,18%, ou de R$ 112 em relação ao valor vigente (R$ 1.100) no ano passado, mas incorporou quase R$ 2 como compensação pelo reajuste do salário mínimo abaixo da inflação em 2021.
Em 2021, o reajuste foi de 5,45% para beneficiários do INSS que recebem acima de 1 salário mínimo. Já para quem ganhava 1 salário mínimo, o percentual foi de 5,26%.
De acordo com o INSS, dos 36 milhões de benefícios pagos, 23 milhões recebem o valor do salário mínimo, ou seja, 36% do total ganha acima do piso nacional.

Alíquotas de contribuição ao INSS

O reajuste também se reflete na cobrança da contribuição dos trabalhadores para o INSS. Para empregados com carteira assinada, domésticos e trabalhadores avulsos, a tabela de recolhimento passa a ser:

  • 7,5% para até um salário mínimo (R$ 1.212)
  • 9% para quem ganha entre R$ 1.212,01 e R$ 2.427,35
  • 12% para quem ganha entre R$ 2.427,36 e R$ 3.641,03
  • 14% para quem ganha entre R$ 3.641,04 e R$ 7.087,22

Os recolhimentos efetuados em janeiro – relativos aos salários de dezembro passado – ainda seguem a tabela anterior.

Vale lembrar que com a reforma da Previdência de 2019, essas taxas passaram a ser progressivas, ou seja, cobradas apenas sobre a parcela do salário que se enquadrar em cada faixa, o que faz com que o percentual de fato descontado do total dos ganhos (a alíquota efetiva) seja menor.

Por exemplo: um trabalhador que ganha R$ 1.500 mil pagará 7,5% sobre R$ 1.212 (R$ 90,90), mais 9% sobre os R$ 400 que excedem esse valor (R$ 36), totalizando R$ 126,90 de contribuição.

Quem ganha o benefício no valor de um salário mínimo recebe primeiro. O calendário referente a janeiro começa no dia 25. Já para quem recebe acima do piso nacional, os pagamentos serão a partir de 1º de fevereiro.

Os pagamentos são realizados levando em conta o número final do benefício, sem considerar o último dígito que aparece depois do traço.

Veja calendário abaixo:

calendário de pagamento de benefícios em 2022 — Foto: Divulgação

Por g1

PINHEIRO! Prefeita Ana Paula acompanha início da vacinação de crianças

A prefeita de Pinheiro, Ana Paula Lobato (PDT), que é enfermeira, acompanhou o início da vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19, na tarde desta terça-feira (18), no Centro de Especialidades Médicas de Pinheiro (Cemp). Ela interagiu com o público infantil e, ao lado das mães, ajudou a acalmar os pequeninos antes da aplicação da dose no braço.

“É um momento muito feliz poder começar a vacinação de nossas crianças na cidade. A vacina é o único meio de salvar vidas e diminuir as internações hospitalares”, ressaltou Ana Paula.

O primeiro imunizado na cidade foi Luis Pedro Pinheiro Costa, de 11 anos, que estava acompanhado da mãe, Roseane Pinheiro, de 32 anos.

Ela afirmou que fez questão de imunizar o filho por saber da importância da vacina. “Decidi trazer ele para vacinar porque sei que é necessário. Já imaginou se ele pega Covid sem estar vacinado. Agora, estou mais tranquila”, declarou.

Nesse primeiro lote, o município de Pinheiro recebeu 510 doses de vacinas pediátricas da Pfizer. A vacinação está ocorrendo das 14h às 17h, no Cemp, onde um espaço foi preparado para receber o público infantil.

O segundo vacinado foi Davi Lucas, também de 11 anos, que foi levado pela mãe, Ruth Melo, de 30 anos. “No começo, confesso que fiquei com medo. Mas, depois de conversar com o médico, passei a acreditar que a melhor opção é a vacina, ainda mais para ele, que é especial”, afirmou ela.

Critérios – O município de Pinheiro está seguindo os critérios definidos pelo Ministério da Saúde. Assim, o primeiro grupo que está sendo vacinado é o das crianças com comorbidades, com deficiência física e neurodiversos (TDAH, TEA e deficiência intelectual).

O início da vacinação também foi acompanhado pelo secretário de Saúde, Fred Lobato; pelo coordenador de Imunização do Município, Saulo Moreira Martins; e pelos vereadores Leo Lobato (PDT), Selma da Colônia (PP), Stelio Cordeiro (PP), Zé Filho (PP), Alessandro Montenegro (PP), que exerce o cargo de secretário de Governo, e Riba do Bom Viver (PL).

Projeto de Othelino sobre Passaporte Vacinal ganha força com pesquisa nacional

Projeto de Othelino sobre Passaporte Vacinal ganha força com pesquisa nacional

A mais recente pesquisa do Datafolha, divulgada segunda-feira (17), comprova a importância do mais novo projeto de lei de autoria do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), que prevê a obrigatoriedade de apresentação do comprovante de imunização (Passaporte Vacinal) contra a Covid-19 para acesso a estabelecimentos e eventos em geral em todo estado.

De acordo com o Datafolha, 81% dos entrevistados são a favor da exigência do “passaporte de vacina” para que seja liberada a entrada em locais fechados, como bares, restaurantes e órgãos públicos, entre outros. Ainda segundo a pesquisa, 18% são contra a exigência do comprovante e 1% não soube responder.

O chamado “passaporte” é o certificado que comprova que o cidadão já concluiu o esquema de vacinação contra a Covid-19. No Brasil, o documento é emitido pelo ConecteSUS ou por sites e aplicativos estaduais.

A pesquisa Datafolha foi feita por telefone nos dias 12 e 13 com 2.023 pessoas de 16 anos ou mais de todos os estados do Brasil. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Passaporte Vacinal

Deputado Othelino Neto é autor do Projeto de Lei 001/2022 que trata sobre a obrigatoriedade do Passaporte Vacinal

O Projeto de Lei 001/2022, do deputado Othelino Neto, que trata sobre a obrigatoriedade do Passaporte Vacinal, tem como objetivo proteger não só a população, mas, também, a atividade econômica.

O parlamentar destaca que é cientificamente comprovado que pessoas vacinadas, quando contaminadas pela Covid-19, apresentam quadro sintomático mais leve e carga viral muito menor, o que faz com que o risco de transmissibilidade e de internação hospitalar também seja reduzido.

O chefe do Parlamento Estadual maranhense afirma ainda que a medida visa conter o aumento de novos casos de infecção pelo coronavírus e evitar que ações mais restritivas sejam tomadas, a exemplo do que vem acontecendo em outros países, principalmente na Europa, onde restrições a pessoas não vacinados já estão em vigor. No Brasil, pelo menos 19 cidades já adotaram a obrigatoriedade do passaporte vacinal.

De acordo com a proposição do parlamentar, o documento físico ou eletrônico comprovando a vacinação deverá ser exigido por bares, restaurantes, hotéis, pousadas, academias e eventos em geral a todos os cidadãos que, de acordo com a sua idade, já estejam autorizados a tomarem o imunizante contra a Covid-19.

O PL 001/2022 foi publicado no Diário Oficial da Casa, no dia 12 de janeiro, e passará ainda pelas comissões temáticas de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e Saúde para receber parecer antes de ir à votação no Plenário, em fevereiro, no retorno dos trabalhos.

Othelino apresenta PL que propõe Passaporte Vacinal em estabelecimentos e eventos no Maranhão

Othelino apresenta PL que propõe Passaporte Vacinal em estabelecimentos e eventos no Maranhão

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), apresentou o Projeto de Lei nº 001/2022, que propõe a obrigatoriedade de apresentação do comprovante de imunização contra a Covid-19 (Passaporte da Vacina) para acesso em bares, restaurantes, hotéis, pousadas, academias e eventos de maneira geral.

Segundo Othelino, o objetivo é resguardar a saúde dos maranhenses e incentivar a vacinação, uma vez que vem sendo registrado aumento do número de casos de contaminação pelo coronavírus.

“A vacinação é que tem contribuído para que não tenhamos casos graves de Covid-19 e mais internações nas unidades de saúde. Por isso, a exigência do Passaporte da Vacina para acesso aos estabelecimentos e eventos que reúnam grande público é fundamental, além de ser uma forma de estimular aqueles que ainda não se vacinaram a buscarem a imunização”, afirmou o parlamentar.

De acordo com a proposição, o documento físico ou eletrônico comprovando a vacinação deve ser exigido pelos estabelecimentos a todos os cidadãos que, de acordo com a sua idade, já estejam autorizados a tomarem o imunizante contra a Covid-19.

Aqueles que, por motivos médicos, não podem tomar qualquer tipo de imunizante contra a Covid-19 deverão comprovar essa condição para ter acesso aos estabelecimentos ou eventos.

Ainda conforme o PL, caberá aos responsáveis pelos empreendimentos a cobrança do Passaporte da Vacina, que pode ser emitido pela autoridade sanitária de cada município ou pelo Governo Federal por meio da plataforma ConecteSUS do Ministério da Saúde.

O texto prevê ainda que, em caso de descumprimento da norma, caberá às autoridades sanitárias a aplicação de eventuais sanções.

O PL foi publicado no Diário Oficial da Casa, na quarta-feira (12), e passará ainda pelas comissões temáticas de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e Saúde para receber parecer antes de ir à votação no  Plenário, em fevereiro, no retorno dos trabalhos.

Osmar Filho faz balanço positivo do trabalho na CMSL e defende união do grupo governista em torno de Weverton

O vereador Osmar Filho (PDT) concedeu, na quarta-feira (05), entrevista ao Quadro Bastidores, da TV Mirante, afiliada da Rede Globo.

O presidente da Câmara Municipal de São Luís fez um balanço positivo das ações da Casa em 2021, além de tratar de temas importantes, como Plano Diretor; CPI do Transporte Público; eleição para Mesa Diretora; e sucessão do governador Flávio Dino (PSB).

De acordo com o pedetista, que está no seu segundo mandato como presidente e é pré-candidato a deputado estadual, os vereadores, apesar do cenário de pandemia, que fez com que a Casa continuasse funcionando em formato híbrido, contribuíram muito com a cidade e sua população apreciando cerca de 2.400 importantes proposições – entre projetos de lei, requerimentos e indicação – o que, em média, corresponde a 200 propostas/mês.

“Todos os vereadores, sem exceção, deram importante contribuição a São Luís”, disse destacando as ações de modernização da quarta Casa Legislativa mais antiga do Brasil.

Sobre o Plano Diretor de São Luís, Osmar relembrou que, quando a proposta chegou ao Legislativo, em 2019, promoveu oito audiências públicas inéditas – quatro na zona urbana e quatro na zona rural – para que a sociedade pudesse opinar sobre a proposta.

Lembrou que o Plano foi devolvido ao Executivo para que fossem feitas adequações.

A pandemia da Covid, decretada no início de 2020, prejudicou o andamento da tramitação da proposta, que ainda está na Prefeitura.

Segundo Osmar Filho, prioritariamente no primeiro semestre deste ano o Plano será apreciado e votado no plenário Simão Estácio da Silveira.

Sobre a eleição da Mesa Diretora, biênio 2023/24, o presidente confirmou que a mesma se dará em abril e que todos os parlamentares têm legitimidade para pleitear o comando da Câmara.

O presidente classificou como de extrema relevância a Comissão Parlamentar de Inquérito instalada para tratar de questões relacionadas ao transporte público na capital.

“São cerca de 700 mil usuários do transporte, que enfrentam diversas problemáticas. A CPI, que tem total autonomia e é composta por vereadores compromissados, foi instalada com o objetivo de contribuir para que o setor avance e que o usuário seja beneficiado com um serviço de qualidade”.

Osmar Filho disse que acredita na união do grupo político do qual faz parte em relação à sucessão do governador Flávio Dino.

Na sua avaliação, o senador Weverton Rocha, pré-candidato do PDT, reúne todos os requisitos e qualidades para ser o elo de união acerca do projeto.

“Acredito, sim, na união do grupo. O próprio governador, em entrevista recente, disse que expôs preferência pessoal em relação ao vice-governador. Porém, afirmou que irá respeitar a escolha da maioria do colegiado. O senador Weverton reúne o maior grupo político, formado por prefeitos, vereadores, deputados e outras lideranças. Possui maior quantidade de apoios partidários e é líder em todas as pesquisas de intenção de voto já divulgadas. Portanto, avalio que o Weverton é o melhor nome para representar o grupo na sucessão do governador Flávio”, finalizou.

Carlos Bolsonaro e deputado trocam ofensas nas redes: “Corno, Chifrudo”

As confusões entre ex-aliados do presidente Jair Bolsonaro (PL) ganharam mais um capítulo, com o embate entre o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) e o deputado federal Julian Lemos (PSL-PB). A troca de ofensas teve termos como “fofoqueiro”, “chifrudo”, “doente”, “corno” e “ladrões”.

O conflito começou após o filho do presidente criticar o deputado. Aliado de primeira hora de Bolsonaro, Lemos abandonou a base governista para apostar na candidatura do ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro (Podemos) ao Palácio do Planalto.

“O maior fofoqueiro do Brasil foi encontrar o seu chifrudo na Paraíba com dinheiro do fundo eleitoral? Par perfeito que explica a falta de testosterona e vergonha na cara do grupinho”, escreveu Carlos Bolsonaro no Twitter.

Julian Lemos se ofendeu e retrucou o ataque. Em resposta, ainda inseriu o deputado bolsonarista Carlos Jordy (PSL-RJ) no bate-boca.

“O [emoji de cachorro] presidencial falando sobre testosterona. Logo tu? Não sei aqui quem tem chifre, mas no RJ eu sei quem tem e quem botou em você”, ironizou.

O deputado publicou outra mensagem em que chama Jordy e Carlos Bolsonaro de “cornos e ladrões”. Jordy não comentou.

“Quer continuar a brincadeira de ladrão de salário de assessor? Faça como eu, deixa a pistola de lado e os seguranças, e vamos testar os níveis de testosterona, topa?”, desafiou.

Julian Lemos encerrou o embate citando as eleições de outubro. “Estou convencido: não adianta responder a Carlos Bolsonaro. Ele não tem credibilidade, sem falar que é doente da cabeça, está desesperado porque sabe que o pai dele perde para Lula e Moro, e o ‘brinquedo’ dele, o Brasil, estará livre desses traidores”, finalizou.

(Metrópoles)

Othelino vistoria obras realizadas com seu apoio em Santa Helena e Turilândia

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), esteve, nesta quinta-feira (6), nos municípios de Santa Helena e Turilândia, localizados na Baixada Maranhense, para a vistoria de obras que estão sendo realizadas por indicação e solicitação do parlamentar, respectivamente.

Othelino vistoria obras realizadas com seu apoio em Santa Helena e Turilândia

Em Santa Helena, acompanhado do prefeito Zezildo Almeida, do vice Joãozinho Pavão e de uma comitiva de vereadores, Othelino acompanhou o início dos trabalhos de recuperação asfáltica da Avenida Duque de Caxias, principal via de acesso à cidade. A obra de recapeamento é fruto de indicação do chefe do Legislativo maranhense e está sendo realizada pelo Governo do Estado por meio do programa ‘Mais Asfalto’.

“Estamos colocando um asfalto novo na Avenida Duque de Caxias, que já havia passado por diversas intervenções de tapa-buraco. Agora, está sendo feita a restauração total da via e, em breve, será entregue à cidade. É uma importante obra que se soma a muitas outras realizadas em benefício dos helenenses”, afirmou Othelino Neto.

Na vistoria, Othelino é acompanhado pelo prefeito Zezildo Almeida, o vice Joãozinho Pavão e comitiva de vereadores

Além dessa obra de infraestrutura urbana, outros serviços estão em andamento no município, frutos de indicações do parlamentar junto ao Governo do Estado, entre eles a revitalização da Beira Rio, a construção da Praça da Família, no povoado Morada Nova; e uma unidade do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA).

Início dos trabalhos de recuperação asfáltica da Avenida Duque de Caxias, principal via de acesso a Santa Helena

O prefeito de Santa Helena, Zezildo Almeida, destacou a forte atuação do parlamentar no município. “Agradeço ao deputado Othelino e ao governador Flávio Dino por viabilizarem tantas melhorias para a nossa cidade. E quem ganha com essa parceria é a população”, declarou.

O presidente da Câmara Municipal de Santa Helena, vereador Marcelo Marques, ressaltou o apoio dado pelo deputado Othelino Neto em prol do bem-estar dos helenenses. “Ele tem trazido muitas obras para o município e fazendo jus a esse povo que sempre o acolheu. Nós agradecemos por ele ter nossa cidade em seu coração”, disse.

Othelino vistoria obras do Hospital Municipal Pedro Lucas Dias Fonseca, ao lado do prefeito Paulo Curió, da vice Janaína Lima e de vereadores

Turilândia

No final da manhã, o presidente do Parlamento Estadual esteve também em Turilândia, onde conferiu o andamento da obra de construção do Hospital Municipal Pedro Lucas Dias Fonseca, ao lado do prefeito Paulo Curió, da vice Janaína Lima e de vereadores. O serviço está sendo realizado pelo Governo do Estado, após solicitação do parlamentar. A inauguração da nova unidade de saúde está prevista para início de março deste ano.

Ainda em Turilândia, Othelino visitou o local onde está sendo construída a Praça da Família, também fruto de sua indicação. “Uma parceria importante com o prefeito Paulo Curió, que, neste primeiro ano de gestão municipal, tem concretizado grandes benefícios para a população turilandense”, afirmou.

O prefeito Paulo Curió lembrou que o município já foi contemplado com outras ações viabilizadas com apoio do parlamentar, como obras do programa ‘Mais Asfalto’, entrega de cestas básicas e kits de equipagens esportivas.

Após exames, Flávio Dino diz que está em bom estado e continua despachando em casa

O governador Flávio Dino, que está com a Covid-19, passou por uma bateria de exames no Hospital São Domingos, em São Luís, na manhã desta terça-feira (04).

Nas redes sociais, o governador agradeceu pelas orações.

“Agradeço muito as mensagens fraternas acerca do meu diagnóstico de COVID, assim como as orações pela minha saúde”, disse.

Na sequência, Dino afirmou que segue em bom estado, quase sem sintomas e com exames normais quanto ao pulmão.

“Despachos seguem em casa, até que eu tenha liberação médica”, completou.

Hospital confirma obstrução intestinal de Bolsonaro; não há previsão de alta

Presidente deu entrada no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, na madrugada desta segunda-feira (3)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) deu entrada no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, na madrugada desta segunda-feira (3). A internação foi confirmada à CNN pelo médico-cirurgião Antônio Luiz Macedo, que acompanha Bolsonaro desde a facada em setembro de 2018. Em boletim, o hospital confirmou um quadro de obstrução intestinal e informou que não há previsão de alta.

Segundo o boletim assinado pela equipe de Antônio Luiz Macedo, o presidente será reavaliado ainda nesta segunda.

O comboio presidencial chegou ao hospital, localizado na zona sul da capital paulista, pouco antes das 2 horas de hoje.

De helicóptero, Bolsonaro deixou o litoral catarinense com destino a Joinville (SC), onde embarcou com a esposa Michelle Bolsonaro e a filha Laura para São Paulo. O avião presidencial desembarcou em Congonhas pouco depois da 1 hora desta segunda.

Desde que foi atingido pela facada em Juiz de Fora (MG) durante campanha eleitoral em 2018, Bolsonaro já precisou ser internado cinco vezes para cirurgias relacionadas ao incidente.

Bolsonaro foi internado pela última vez em 14 de julho de 2020 para tratar um quadro de suboclusão intestinal. Ele teve alta do Hospital Vila Nova Star, em São Paulo (SP), quatro dias depois.

O presidente chegou em São Francisco do Sul (SC) na última segunda-feira (27) e, desde então, tem registrado suas atividades nas redes sociais. Bolsonaro compartilhou diversos vídeos em praias da região.

Íntegra do boletim

São Paulo, 03 de janeiro de 2022
O Hospital Vila Nova Star informa que o Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, deu entrada na unidade na madrugada desta segunda-feira, devido a um quadro de suboclusão intestinal. Ele está estável, em tratamento e será reavaliado ao longo desta manhã pela equipe do Dr. Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo.

No momento, sem previsão de alta.
Direção médica responsável:
Dr. Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo – Cirurgião-chefe
Dr. Leandro Echenique – Cardiologista
Dr. Ricardo Camarinha – Cardiologista do presidente
Dr. Antônio Antonietto – Diretor médico do Hospital Vila Nova Star
Dr. Pedro Loretti – Diretor geral do Hospital Vila Nova Star