Mulher beija o namorado que tentou matá-la com cinco tiros durante júri

Durante julgamento de um caso de tentativa de feminicídio no Rio Grande do Sul, a vítima, que foi atingida por 5 tiros disparados por um namorado, pediu permissão ao juiz para beijar o réu. Mesmo não obtendo autorização, ela se levantou e o beijou. As informações são do R7. 

Cinco homens e duas mulheres compõem o conselho de sentença que julgou nesta terça-feira (28) uma tentativa de feminicídio, que ocorreu em agosto de 2019, no centro de Venâncio Aires. A vítima estava em uma praça quando o então namorado disparou 7 vezes em direção a ela.

Micheli Schlosser, 25 anos, foi atingida por cinco tiros. Em júri, enquanto prestava depoimento, ela declarou que tudo aconteceu depois que ela provocou o réu, Lisandro Rafael Posselt, de 28 anos. “Ele nunca tinha me agredido, sempre foi muito bom para mim e já pagou pelo erro dele”, revelou. Ela completou dizendo que “ele foi o melhor homem com quem se relacionou na vida”.

A vítima inclusive pediu permissão à Justiça para visitar o namorado na prisão, mas o pedido foi negado. Já no julgamento, Micheli pediu autorização ao juiz presidente da sessão, João Francisco Goulart Borges, para abraçar e beijar o réu, que estava preso.

Lisandro está na Penitenciária Estadual de Venâncio Aires e pediu uma nova chance aos jurados dizendo que não quer voltar para ‘aquele inferno’. O advogado de defesa, Jean Menezes Severo, citou que a vítima é a mais interessada no julgamento e ela já perdoou o réu.

Ele foi condenado a 7 anos de prisão em regime semiaberto. Segundo Micheli, o plano agora é se casar com o réu.

Veja com vídeo: Carreta mata mãe e dois filhos no balão da Tabuleta, em Teresina

Uma mulher, identificada como Valdênia Cardoso Cruz, e duas crianças morreram após serem atropeladas por uma carreta,  de placa PII-6615 (Elizeu Martins), na noite de terça-feira (28), BR-343, na zona sul de Teresina.

O namorado de Valdênia , que conduzia a motocicleta, quebrou o tornozelo e foi levado para o HUT, mas a mulher e os filhos morreram no local do acidente. As crianças são:  Asla Cardoso,  de 1 ano, e Alexandro Cardoso , de 7 anos.

O cabo Santos, do 6º Batalhão da Polícia Militar (BPM) afirmou que uma pessoa abriu a porta de um carro na rodovia e Antônio Rodrigues de Araújo perdeu o controle da motocicleta, eles caíram e foram atropelados pela carreta.

O inspetor Keynes disse que a motocicleta transportava as quatro pessoas, o que provavelmente pode ter contribuído para o desequilíbrio do veículo.  Segundo ele, o motorista da carreta foi submetido a um exame de alcoolemia  e o resultado foi negativo.  Ele foi levado para a Central  de Flagrantes para prestar esclarecimentos sobre o acidente e foi liberado em seguida.

Confira o vídeo: 

Da coluna do Efrém Ribeiro, no Meio Norte

Comitiva de deputados maranhenses conhece politica educacional aplicada em Sobral

Othelino Neto, prefeito Ivo Gones, senador Cid Gomes e os deputados Neto Evangelista, Rafael Leitoa, Fernando Pessoa, Marco Aurélio e Glalbert Cutrim

Uma comitiva de deputados estaduais, liderada pelo presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto (PCdoB), visitou, na segunda-feira (28), o prefeito da cidade de Sobral (CE), Ivo Gomes, para trocar experiências sobre o modelo da política educacional adotado nas escolas públicas, referência em todo o país há mais de 20 anos.  Os parlamentares, entres eles estavam os deputados Neto Evangelista, Rafael Leitoa, Fernando Pessoa, Professor Marco Aurélio e Glalbert Cutrim, conheceram de perto algumas ações implementadas na área, no município cearense.

“Foi uma experiência importante. É bom ver esta comitiva de deputados em Sobral conhecendo os avanços em diversas áreas da gestão, principalmente no que diz respeito ao sistema educacional. Fico muito feliz em poder acompanhar e conhecer de perto esses avanços. Meu desejo é que muitas dessas iniciativas exitosas daqui possam ser aplicadas nas cidades do Maranhão”, disse o presidente Othelino Neto.

O prefeito Ivo Gomes falou da satisfação de receber os deputados estaduais maranhenses interessados em conhecer a gestão aplicada na educação local. “Fico honrado com a visita. Temos alegria em compartilhar nossas experiências e ficamos felizes com a empolgação dos legisladores, porque não há nenhuma chance da educação melhorar que não seja pelas mãos de políticos”, ressaltou Ivo Gomes.

Os deputados conheceram a Escola José da Matta e Silva, que atingiu a nota 9,8 na última avaliação do Ideb

Com 9.1, o ensino fundamental do município de Sobral teve a maior nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do Brasil em 2017, último ano da avaliação do indicador de desempenho da educação brasileira. A média nacional foi de 5,8. De acordo com o senador Cid Gomes, que também participou do encontro, o segredo é promover a alfabetização na idade certa. Cid Gomes é responsável pelo modelo educacional adotado na cidade, implementado quando fora prefeito do município.

“Sobral, ao logo de duas décadas, tem se destacado na educação, e a consequência do bom trabalho permitiu que seja hoje a cidade com o melhor índice de desenvolvimento da educação básica do país. A chave foi alfabetizar as crianças com seis anos de idade. Percebemos isso e investimos em um processo muito bem elaborado de alfabetização na idade certa. De lá pra cá, nos tornamos referência em todo o país”, pontuou Cid Gomes

Na visita, os parlamentares conheceram de perto o método educacional aplicado em todo o sistema, que tem como princípios: gestão escolar de qualidade, com diretores e coordenadores capacitados; formação contínuada de professores; acompanhamento de desempenho dos alunos; material escolar de qualidade e ambiente agradável.

A comitiva de parlamentares reuniu-se com o prefeito de Sobral, Ivo Gomes, e gestores de diversas áreas do município

AVALIAÇÃO POSITIVA

Para melhor entender o processo educacional das unidades de ensino de Sobral, os deputados estiveram na Escola Municipal José da Matta e Silva, que atingiu a nota 9,8 na última avaliação do Ideb. A unidade atende 820 alunos do 1º ao 5º ano.

“A realidade de escolas de ensino infantil e fundamental I e II não são conhecidas por diversos municípios maranhenses e é importante essa análise para conhecermos e levarmos esse método para avançarmos no Maranhão.  Afinal de contas, é através da educação que conseguimos fazer uma transformação social eficiente em todos os eixos de políticas públicas. Sobral é um polo educacional onde 100% das crianças, a partir dos 4 anos, estão dentro da sala de aula, um nível mais do que satisfatório”, avaliou o deputado Neto Evangelista.

Os parlamentares conhecem um pouco mais sobre os materiais pedagógicos adotados nas escolas municipais do lugar

EXPERIÊNCIA EXITOSA

“A experiência foi muito enriquecedora para que possamos levar e compartilhar no nosso estado, ajudar nossos prefeitos trocando experiências do que vimos aqui, que , com certeza, ajudarão a evoluir as gestões públicas no Maranhão”, destacou Rafael Leitoa.

Já o deputado Glalbert Cutrim parabenizou o grupo político que tem conseguido tornar Sobral uma cidade cada vez melhor. “Parabéns por estarem sempre buscando o crescimento. A gente sabe que é difícil estar à frente do Executivo, mas com a força de vontade e priorizando a educação é possível ter a evolução de uma cidade”, disse.

O prefeito Ivo Gomes apresentou ao deputado Othelino as diversas estratégias educacionais adotadas em Sobral

Para o deputado Professor Marco Aurélio, o bom exemplo da cidade é motivador. “Por trás da nota tem um conjunto de políticas educacionais acertadas e focadas em metas, na busca de um rendimento cada vez melhor do aluno, assim como também na qualificação da gestão e priorizando um relacionamento cada vez mais amplo entre a escola e a família.  Saio daqui muito motivado a reforçar a busca por esse modelo nos mais diversos municípios da nossa atuação parlamentar”, frisou.

“Foi uma visita de grande importância para melhorarmos nosso conhecimento e podermos levar daqui ações concretas. Já temos uma boa gestão, agora, vamos repassar ao secretário Felipe Camarão o que aprendemos aqui para aperfeiçoarmos ainda mais a educação em nosso estado”, completou Fernando Pessoa.

ASSISTA!!!! Mulher que tentou matar a mãe sofre de depressão e síndrome do pânico

Obviamente que nada justifica a atitude cruel e criminosa de Luciana Paula Figueiredo, presa em flagrante na terça-feira (28) por suspeita de tentar matar por asfixia a mãe, a idosa Ana Benedita Figueiredo, de 68 anos, em um leito no Hospital Dr. Carlos Macieira, em São Luís. As informações são do Blog do Domingos Costa, que teve acesso a sete vídeos nos quais a acusada admite sofrer de depressão e síndrome do pânico.

Ainda no mês de novembro de 2019, Luciana publicou em sua conta no Instagram o problema de saúde mental. Em um dos vídeos, ela chega a chorar, pede ajuda de amigos. “Eu vivo lutando e brigando com a síndrome do panico e a depressão, é uma luta bem difícil. Você tem medo de tudo, já a depressão leva o seu sorriso a sua vontade de ser feliz.” desabafa no vídeo a jovem.

Eu outro vídeo ela diz que não é segredo que enfrentando uma balhata bem difícil contra os problemas mentais. “Algumas pessoas vão achar que é frescura, mas todos os dias estamos perdendo pessoas para esse tipo de doença, que recorrem ao suicídio”, diz Luciana.

Em seguida, a acusada de matar a própria mãe continua o desabafo em outro vídeo: “Não é fácil lutar, tem dia que eu não quero ver ninguém, não quero sair de casa, isso tudo faz parte da depressão, que tira seu sorriso, tira sua alegria, tira sua vontade de viver, tira os seus sonhos, então, ai você tem que começar um tratamento com medicamentos, terapia”, completa.

VEJA ABAIXO VÍDEOS POSTADOS PELA ACUSADA NO INSTAGRAM:

Filha tenta matar a própria mãe idosa no Hospital Carlos Macieira, em São Luís

A presidente do MEI (Movimento Estudantil Independente), órgão da Juventude Socialista do PDT, identificada como Luciana Paula Macieira, de 32 anos de idade, foi presa na manhâ desta terça-feira (28) pela Polícia Militar (PM) e autuada em flagrante por tentativa de homicídio, no plantão da Polícia Civil, no Centro de São Luís.

Segundo informações do delegado do Idoso, Roberval Rodrigues, Luciana Paula Macieira tentou matar, por asfixia, a própria mâe, Ana Benedita Figueiredo, de 68 anos de idade, que está internada em uma enfermaria com um quadro grave de embolia pulmonar.

A tentativa de homicídio só foi descoberta porque os acompanhantes dos outros pacientes filmaram, com celular, Luciana Paula Macieira tentando matar a mãe asfixiada,usando a mão e um lençol. O caso chocou a população e os policiais civis e militares.

Resultado de imagem para hospital carlos macieira localização"

O delegado Roberval Rodrigues acha que a Luciana queria se livrar da mãe que é idosa e doente. A polícia está investigando ainda se Luciana Paula ia injetar alguma substância no medicamento da mâe. Foi encontrada com ela uma sacola com seringa dentro.

Confira a reportagem da TV Mirante: 

Policial militar que matou a muher e o amante diz que agiu em legítima defesa

Em entrevista coletiva ocorrida na tarde de ontem (27), a delegada Dra. Viviane Fontenelle, chefe do Departamento de Feminicídio da Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP), disse que é pouco provável que o policial militar Carlos Eduardo Nunes Pereira, que matou Bruna Lícia e o suposto amante dela na tarde do último sábado (25), tenha agido em legítima defesa.

Segundo a delegada, um colega de trabalho das duas vítimas, também estava no local do crime e disse, em depoimento, que viu o policial dar socos e chutes em Bruna Lícia, ouviu a amiga gritar “Para com isso. Para com isso Nunes!”, e, enquanto fugia do apartamento para pedir ajuda ouviu os tiros. O soldado confessou ter cometido o crime, mas disse que agiu em legítima defesa.

“Ele alega que ao entrar no quarto foi atacado pelos dois [o casal]. Mas, o depoimento da testemunha refuta essa versão ninguém que está atacando vai mandar uma pessoa que está sendo atacada parar. A gente acredita que houve sim uma briga mas iniciada pelo próprio autor do crime”, disse a delegada Viviane.

Carlos Eduardo foi submetido à exame pericial de corpo de delito, assim como os corpos das vítimas. Com o resultado dos exames será possível apurar o que aconteceu durante o confronto corporal entre os envolvidos.

O delegado, Jefrey Furtado, da SHPP, disse que a perícia nos corpos ainda não foi concluída, mas “preliminarmente, a vítima do sexo feminino foi atingida por dois disparos. Com relação à vítima do sexo masculino, ele deve ter recebido cerca de quatro disparos. Entretanto, já está sendo feito um laudo pelo Instituto de Criminalística para confirmar todas as entradas e saídas dos projéteis”.

O delegado explicou, ainda, que quando a primeira equipe da PM chegou ao local do crime Carlos Eduardo Nunes ainda estava com a arma do crime na mão.

A delegada Viviane Fontenelle demonstrou indignação pelo fato de grande parte da população estar culpabilizando a vítima. “Uma vítima está sendo julgada, sendo que deveria estar sendo apontado o dedo para o autor. Nada justifica esse homem ter tirado a vida dessa mulher, nem que ela estivesse o traindo, ainda mais se não foi esse o caso. Pelo que nós estamos averiguando eles estavam separados, então ele não pode alegar essa traição e mesmo que tivesse havido traição, não justifica um crime”, afirmou ela.

As investigações continuam para que sejam esclarecidos todos os detalhes do crime. “Temos o depoimento da testemunha ocular, que era colega de trabalho das vítimas, temos as imagens das câmeras de monitoramento do condomínio, que mostram o momento em que o autor do crime chegou, e nós vamos ouvir também testemunhas do convívio íntimo das vítimas”, esclareceu a delegada.

A princípio o soldado da Polícia Militar foi autuado em flagrante por dois crimes: homicídio e feminicídio. Em audiência de custódia ocorrida anteontem (26), o juiz plantonista converteu a prisão em flagrante em prisão preventiva. Carlos Eduardo Nunes Pereira está preso na sede do Comando da Polícia Militar do Maranhão.

Bruna foram sepultada no Cemitério Jardim da Paz, em São José de Ribamar — Foto: TV Mirante

ENTENDA O CASO

Na tarde do último sábado (25) o soldado da Polícia Militar Carlos Eduardo Nunes Pereira, de 25 anos, assassinou Bruna Lícia e o suposto amante dela, em um apartamento no Condomínio Pacífico I, no Bairro Vicente Fialho, em São Luís. Ainda não foi confirmado se Calos Eduardo e Bruna ainda eram casados.

O policial chegou no apartamento e encontrou Bruna e outro homem juntos no quarto. O PM declarou ainda que entrou em luta corporal com o casal, momento em que sacou a arma e atirou em ambos. O policial relatou que não sabe quem ele atingiu primeiro.

Bruna Lícia foi sepultada na tarde do último domingo (26), em São José de Ribamar, região metropolitana de São Luís.

Com informações de O Imparcial

Choque entre carro e moto deixa dois graves feridos na BR-135, em Pedrinhas

Colisão entre carro e motocicleta deixa dois graves feridos na BR-135 — Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal

Uma colisão entre um carro e uma motocicleta deixou na noite de domingo (26) duas pessoas feridas na BR-135 na Unidade Operacional de Pedrinhas, em São Luís.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu por volta das 18h30 no km 7,6 da BR-135, na capital, quando o veículo de cor vermelha invadiu a preferencial e foi abalroado transversalmente na parte dianteira esquerda, próximo ao para-choque e ao para-lama, por uma motocicleta também de cor vermelha.

De acordo com os policiais rodoviários, com a força do impacto os ocupantes da motocicleta, que não tiveram as suas identidades reveladas, caíram do veículo e sofreram ferimentos graves.

 Motorista do veículo de passeio abandonou o automóvel e fugiu do local do acidente. — Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal

Uma equipe PRF da Unidade Operacional de Pedrinhas, em São Luís/MA, atendeu no início da noite de domingo (26), no km 7,6 da BR-135, um grave acidente envolvendo um veículo passeio e uma motocicleta. Os dois ocupantes da motocicleta ficaram gravemente feridos.

Eles foram atendidos pelo Serviço Móvel de Urgência (Samu) e encaminhados ao Hospital Clementino Moura (Socorrão 2), na capital. Já o motorista do veículo de passeio abandonou o automóvel e fugiu do local do acidente. (G1MA)

ASSISTA AO VÍDEO!! Ana Maria Braga revela que está com câncer no pulmão

Uma das principais apresentadoras da televisão e da TV Globo, Ana Maria Braga  anunciou para seus fãs na manhã desta segunda-feira (10), durante o ‘Mais Você’ que foi diagnosticada novamente com câncer, dessa vez no pulmão. Ela está passando por tratamento com quimioterapia e imunoterapia.

Ana Maria, que já teve outros dois cânceres, falou sobre esse novo no programa, afirmando que é mais agressivo e não é passível de cirurgia.

“Só recordando um pouquinho, eu tive dois pequenos cânceres de pulmão no ano passado e vocês me deram força. Um foi operado e o outro foi tratado com radiocirurgia. Agora, infelizmente eu fui diagnosticada com outro câncer de pulmão. É um adenocarcinoma, semelhante aos anteriores, mas que é mais agressivo e não é passível de cirurgia ou radioterapia”, disse.

“Eu descobri esse câncer no começo do ano, eu já sabia disso e vim aqui [ao ar] já com o encaminhamento que vou ter, no meu tratamento. E no dia 24, eu recebi o primeiro ciclo de tratamento, que constitui de quimioterapia com imunoterapia, no hospital BP Mirante, lá em São Paulo”, acrescentou a apresentadora.

“Eu não sabia se poderia estar aqui hoje, porque quando se faz uma quimioterapia e uma imunoterapia, como é meu tratamento, tem esses efeitos colaterais. Não vai cair o cabelo, a quimioterapia é diferente, evoluiu, mas tem sintomas que quem faz quimioterapia sabe, tem dias que você fica mais sensível e a imunoterapia também pode ocasionar isso”, continuou Ana Maria.

A apresentadora ainda aproveitou para dizer que separou alguns minutos do programa para dar a notícia aos espectadores: “É uma notícia importante, que se faz parte da minha vida, e é importante pra mim, eu quero dividir com as pessoas que estão aqui, que me dão a oportunidade de estarem com vocês todos os dias”. (Isto é Gente)

Confira o vídeo:

Confira o depoimento do policial que matou esposa e amante em São Luís

Confira abaixo o depoimento do Policial Militar Carlos Eduardo preso, neste sábado (25), após matar a própria esposa e um homem, que seria amante dela, no Condomínio Pacífico I, no bairro Vicente Fialho, em São Luís. Em depoimento, plicial militar diz que estava se separando da esposa assassinada. 

Confira o depoimento do PM que matou a esposa e o amante no MA

O policial militar Carlos Eduardo Nunes Pereira, que assassinou no sábado (25) a esposa, Bruna Lícia Fonseca Pereira, e José Willian dos Santos Silva, afirmou em oitiva que estava em processo de separação da mulher.

Segundo ele, em depoimento obtido com exclusividade pelo Blog do Gilberto Léda, os dois estavam casados há aproximadamente dois anos, mas a relação “foi esfriando” com o tempo.

O policial diz que há pouco mais de uma semana já havia começado a retirar suas roupas do local, tendo ido para a casa dos pais. Ele conta que havia ficado acertado que Bruna Lícia deixaria o apartamento.

No depoimento, Carlos Eduardo diz que na sexta-feira (24) ainda chegou a dormir junto com a esposa, mas que nesse mesmo dia havia ficado decidido que ele “iriam se separar definitivamente”.

O PM confirma que havia uma terceira pessoa no apartamento quando ele chegou ao local, por volta das 14h, segundo informou mais cedo o Blog. Bruna Lícia Pereira e José Willian dos Santos.

Com informações do Domingos Costa e Gilberto Leda

Van capota após bater em um Onix com garrafas de bedidas dentro do São Luís

Uma van capotou após bater em um veículo de passeio no início da manhã desta segunda-feira (27) na rotatória da Avenida dos Holandeses no bairro Calhau, em São Luís.

Segundo testemunhas, a van ia no sentido da Avenida Luís Eduardo Magalhães para o bairro Cohafuma, na capital, quando estava terminado o retorno da rotatória o automóvel bateu em sua traseira.

Com a força do impacto, a van capotou e foi parar no meio da pista da via. Já o carro que provocou o acidente subiu o canteiro de obras da rotatória e os quatro ocupantes que estavam no veículo fugiram após o acidente.

Apesar da gravidade do acidente, os dois ocupantes que estavam na van não sofreram nenhum ferimento. Há uma suspeita das pessoas que estavam no carro terem ingerido bebida alcoólica, já que foi encontrado no interior do automóvel algumas garrafas de bebidas. (Com informações do G1MA)