Crianças de 3 anos assiste a mãe ser assassinada a cadeiradas, murros e chutes por viado e sapatões

A jovem Milena Assis da Silva, 19, morreu tragicamente, depois de ser agredida a cadeiradas, murros e chutes, dentro do quarto onde morava com uma filha de 3 anos de idade, na Rua Santa Helena, bairro da Betânia, Zona Sul de Manaus.

Um homossexual e duas mulheres lésbicas invadiram o quarto de Milena  e gritavam que ela tinha furtado o telefone celular pertencente a uma amiga deles.

A jovem negava o furto mas assim mesmo foi agredida. Uma das lésbicas tinha um punhal na mão e aplicou golpes nas costas de Milena, que caiu ao chão perdendo sangue.

O grupo agressor fugiu do local e deixou Milena agonizando diante da filha de 3 anos, que apenas chorava assustada com tudo o que viu.

Os vizinhos correram para socorrer a jovem e chamaram o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu).

Milena foi levada para o Hospital e Pronto-Socorro Dr, João Lúcio Pereira, onde ele morreu quando dava entrada na sala de operações.

A polícia foi informada da agressão seguida de morte e está investigando. Até o final da manhã desta sexta-feira os criminosos ainda não haviam sido identificados e presos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.