Policial Militar é acusado de espancar um travesti e tentar sair de motel sem pagar

PM é acusado de espancar travesti e tentar sair de motel sem pagar em THE

Na madrugada de domingo (12), um policial militar de identidade não revelada é suspeito de ter espancado uma travesti  após tentar sair de um motel sem pagar a conta na zona Sudeste de Teresina.

De acordo com informações de uma testemunha, o soldado estava visivelmente embriagado e se irritou, pois não quis pagar a conta. Durante a confusão, o policial espancou a acompanhante, uma travesti, e puxou várias vezes a arma de fogo para intimidar quem tentava se aproximar dele.

Na briga, diversos objetos do motel foram quebrados. As funcionárias do motel e clientes entraram em pânico sem saber o que estava acontecendo. Uma equipe do 8° batalhão foi acionada para ocorrência, mas ainda não há informações se o soldado foi conduzido.

Os policiais do 8° Batalhão da Polícia Militar (BPM) foram acionados, mas ao chegarem no local o soldado já havia saído. O caso será apurado pela Corregedoria da Polícia Militar. (Meio Norte)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *