Duas mulheres são mortas a facadas e tiros em menos 48 horas no Maranhão

O primeiro caso aconteceu na noite de domingo (28), por volta das 21h, quando uma mulher foi assassinada, a facadas, pelo marido no loteamento Tavinho, em Trizidela do Vale, no interior do Maranhão.

A vítima foi identificada como, Elizalva da Conceição Silva, de 40 anos de idade, natural de Codó. O principal suspeito é seu companheiro, identificado como Carlos Germano Oliveira Sousa, 27 anos.

Segundo informações, o casal passou o dia em um povoado, onde tinham ingerido bebidas alcoólicas. Ao chegar em casa a mulher foi ao banheiro, sendo atacada no local, em seguida por Carlos Germano.

Segundo a polícia, o suspeito desferiu cerca de 16 facadas e vários cortes na vítima. Elizalva ainda chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros, mas morreu ao dar entrada no Hospital Municipal de Trizidela do Vale.

O suspeito fugiu logo após o crime e depois foi preso. Elizalva é a segunda mulher a ser assassinada na região em menos de dois dias. No início da madrugada do último sábado, Jesuslene dos Santos Ferreira foi morta a tiros no Mercado Central de Pedreiras.

MORTA A TIROS NO MERCADO

O segundo caso aconteceu no sábado (27), quando uma mulher foi morta a tiros por volta da meia-noite. O corpo da vítima foi encontrado na “Feira do Peixe”, no Mercado Central de Pedreiras (MA).

A vítima foi Jesuslene dos Santos Ferreira, a “Lene”. Ela foi morta com 3 tiros na cabeça e nas costas e  moreu local. Ainda não há informações sobre a motivação e autoria do crime.

Uma das linhas de investigação da Polícia Civil é que “Lene” tenha sido assassinada por causa de dívidas com traficantes, que atuam na região do Mercado Central de Pedreiras.

Com informações do Ricardo Farias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *