ASSISTA!!!! Mulher que tentou matar a mãe sofre de depressão e síndrome do pânico

Obviamente que nada justifica a atitude cruel e criminosa de Luciana Paula Figueiredo, presa em flagrante na terça-feira (28) por suspeita de tentar matar por asfixia a mãe, a idosa Ana Benedita Figueiredo, de 68 anos, em um leito no Hospital Dr. Carlos Macieira, em São Luís. As informações são do Blog do Domingos Costa, que teve acesso a sete vídeos nos quais a acusada admite sofrer de depressão e síndrome do pânico.

Ainda no mês de novembro de 2019, Luciana publicou em sua conta no Instagram o problema de saúde mental. Em um dos vídeos, ela chega a chorar, pede ajuda de amigos. “Eu vivo lutando e brigando com a síndrome do panico e a depressão, é uma luta bem difícil. Você tem medo de tudo, já a depressão leva o seu sorriso a sua vontade de ser feliz.” desabafa no vídeo a jovem.

Eu outro vídeo ela diz que não é segredo que enfrentando uma balhata bem difícil contra os problemas mentais. “Algumas pessoas vão achar que é frescura, mas todos os dias estamos perdendo pessoas para esse tipo de doença, que recorrem ao suicídio”, diz Luciana.

Em seguida, a acusada de matar a própria mãe continua o desabafo em outro vídeo: “Não é fácil lutar, tem dia que eu não quero ver ninguém, não quero sair de casa, isso tudo faz parte da depressão, que tira seu sorriso, tira sua alegria, tira sua vontade de viver, tira os seus sonhos, então, ai você tem que começar um tratamento com medicamentos, terapia”, completa.

VEJA ABAIXO VÍDEOS POSTADOS PELA ACUSADA NO INSTAGRAM:

Filha tenta matar a própria mãe idosa no Hospital Carlos Macieira, em São Luís

A presidente do MEI (Movimento Estudantil Independente), órgão da Juventude Socialista do PDT, identificada como Luciana Paula Macieira, de 32 anos de idade, foi presa na manhâ desta terça-feira (28) pela Polícia Militar (PM) e autuada em flagrante por tentativa de homicídio, no plantão da Polícia Civil, no Centro de São Luís.

Segundo informações do delegado do Idoso, Roberval Rodrigues, Luciana Paula Macieira tentou matar, por asfixia, a própria mâe, Ana Benedita Figueiredo, de 68 anos de idade, que está internada em uma enfermaria com um quadro grave de embolia pulmonar.

A tentativa de homicídio só foi descoberta porque os acompanhantes dos outros pacientes filmaram, com celular, Luciana Paula Macieira tentando matar a mãe asfixiada,usando a mão e um lençol. O caso chocou a população e os policiais civis e militares.

Resultado de imagem para hospital carlos macieira localização"

O delegado Roberval Rodrigues acha que a Luciana queria se livrar da mãe que é idosa e doente. A polícia está investigando ainda se Luciana Paula ia injetar alguma substância no medicamento da mâe. Foi encontrada com ela uma sacola com seringa dentro.

Confira a reportagem da TV Mirante: 

Policial militar que matou a muher e o amante diz que agiu em legítima defesa

Em entrevista coletiva ocorrida na tarde de ontem (27), a delegada Dra. Viviane Fontenelle, chefe do Departamento de Feminicídio da Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP), disse que é pouco provável que o policial militar Carlos Eduardo Nunes Pereira, que matou Bruna Lícia e o suposto amante dela na tarde do último sábado (25), tenha agido em legítima defesa.

Segundo a delegada, um colega de trabalho das duas vítimas, também estava no local do crime e disse, em depoimento, que viu o policial dar socos e chutes em Bruna Lícia, ouviu a amiga gritar “Para com isso. Para com isso Nunes!”, e, enquanto fugia do apartamento para pedir ajuda ouviu os tiros. O soldado confessou ter cometido o crime, mas disse que agiu em legítima defesa.

“Ele alega que ao entrar no quarto foi atacado pelos dois [o casal]. Mas, o depoimento da testemunha refuta essa versão ninguém que está atacando vai mandar uma pessoa que está sendo atacada parar. A gente acredita que houve sim uma briga mas iniciada pelo próprio autor do crime”, disse a delegada Viviane.

Carlos Eduardo foi submetido à exame pericial de corpo de delito, assim como os corpos das vítimas. Com o resultado dos exames será possível apurar o que aconteceu durante o confronto corporal entre os envolvidos.

O delegado, Jefrey Furtado, da SHPP, disse que a perícia nos corpos ainda não foi concluída, mas “preliminarmente, a vítima do sexo feminino foi atingida por dois disparos. Com relação à vítima do sexo masculino, ele deve ter recebido cerca de quatro disparos. Entretanto, já está sendo feito um laudo pelo Instituto de Criminalística para confirmar todas as entradas e saídas dos projéteis”.

O delegado explicou, ainda, que quando a primeira equipe da PM chegou ao local do crime Carlos Eduardo Nunes ainda estava com a arma do crime na mão.

A delegada Viviane Fontenelle demonstrou indignação pelo fato de grande parte da população estar culpabilizando a vítima. “Uma vítima está sendo julgada, sendo que deveria estar sendo apontado o dedo para o autor. Nada justifica esse homem ter tirado a vida dessa mulher, nem que ela estivesse o traindo, ainda mais se não foi esse o caso. Pelo que nós estamos averiguando eles estavam separados, então ele não pode alegar essa traição e mesmo que tivesse havido traição, não justifica um crime”, afirmou ela.

As investigações continuam para que sejam esclarecidos todos os detalhes do crime. “Temos o depoimento da testemunha ocular, que era colega de trabalho das vítimas, temos as imagens das câmeras de monitoramento do condomínio, que mostram o momento em que o autor do crime chegou, e nós vamos ouvir também testemunhas do convívio íntimo das vítimas”, esclareceu a delegada.

A princípio o soldado da Polícia Militar foi autuado em flagrante por dois crimes: homicídio e feminicídio. Em audiência de custódia ocorrida anteontem (26), o juiz plantonista converteu a prisão em flagrante em prisão preventiva. Carlos Eduardo Nunes Pereira está preso na sede do Comando da Polícia Militar do Maranhão.

Bruna foram sepultada no Cemitério Jardim da Paz, em São José de Ribamar — Foto: TV Mirante

ENTENDA O CASO

Na tarde do último sábado (25) o soldado da Polícia Militar Carlos Eduardo Nunes Pereira, de 25 anos, assassinou Bruna Lícia e o suposto amante dela, em um apartamento no Condomínio Pacífico I, no Bairro Vicente Fialho, em São Luís. Ainda não foi confirmado se Calos Eduardo e Bruna ainda eram casados.

O policial chegou no apartamento e encontrou Bruna e outro homem juntos no quarto. O PM declarou ainda que entrou em luta corporal com o casal, momento em que sacou a arma e atirou em ambos. O policial relatou que não sabe quem ele atingiu primeiro.

Bruna Lícia foi sepultada na tarde do último domingo (26), em São José de Ribamar, região metropolitana de São Luís.

Com informações de O Imparcial

Confira o depoimento do policial que matou esposa e amante em São Luís

Confira abaixo o depoimento do Policial Militar Carlos Eduardo preso, neste sábado (25), após matar a própria esposa e um homem, que seria amante dela, no Condomínio Pacífico I, no bairro Vicente Fialho, em São Luís. Em depoimento, plicial militar diz que estava se separando da esposa assassinada. 

Confira o depoimento do PM que matou a esposa e o amante no MA

O policial militar Carlos Eduardo Nunes Pereira, que assassinou no sábado (25) a esposa, Bruna Lícia Fonseca Pereira, e José Willian dos Santos Silva, afirmou em oitiva que estava em processo de separação da mulher.

Segundo ele, em depoimento obtido com exclusividade pelo Blog do Gilberto Léda, os dois estavam casados há aproximadamente dois anos, mas a relação “foi esfriando” com o tempo.

O policial diz que há pouco mais de uma semana já havia começado a retirar suas roupas do local, tendo ido para a casa dos pais. Ele conta que havia ficado acertado que Bruna Lícia deixaria o apartamento.

No depoimento, Carlos Eduardo diz que na sexta-feira (24) ainda chegou a dormir junto com a esposa, mas que nesse mesmo dia havia ficado decidido que ele “iriam se separar definitivamente”.

O PM confirma que havia uma terceira pessoa no apartamento quando ele chegou ao local, por volta das 14h, segundo informou mais cedo o Blog. Bruna Lícia Pereira e José Willian dos Santos.

Com informações do Domingos Costa e Gilberto Leda

ASSISTA! Bandidos explodem Bradesco, levam o cofre e incendeiam um carro no interior do Maranhão

Bandidos, ainda não identificados, explodiram na madrugada deste domingo (26) a agência bancária do Bradesco no município de Buriti, a 332 km de São Luís. Segundo informações da polícia, durante a ação criminosa na cidade um veículo Chevrolet, Onix, foi incendiado. O cofre da agência bancária com o dinheiro foi levado pelos criminosos.

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que uma equipe de peritos já foi acionada para realizar a perícia na agência e no veículo incendiado, e que policiais já estão na cidade a fim de identificar e prender os envolvidos na explosão. A polícia não divulgou a quantidade de dinheiro roubado. Os bandidos fugiram usando um Golf prata e duas motos.

Leia a íntegra da nota

“A Polícia Civil do Maranhão (PCMA), por meio da Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI), informa que uma equipe de peritos já foi acionada para realizar a perícia na agência e no veículo incendiado. Ressalta, ainda, que os procedimentos legais acerca do caso seguem sendo realizados, inclusive, com as forças de segurança da região empenhadas em localizar os envolvidos no crime”.

Confira o vídeo: 

Casal maranhense é usado como mula do tráfico internacional de drogas

A Polícia Federal informou que o casal preso quando tentava embarcar para o exterior com drogas no estômago, no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, no último dia 20, é natural da cidade de Caxias, no Maranhão.

les foram autuados por tráfico internacional de drogas e estavam com mais de dois quilos de cocaína. Ainda segundo a polícia, a Receita Federal identificou 171 cápsulas de cocaína nas malas que o casal despachou para um voo com destino a Portugal. A polícia também confirmou que os maranhenses tinham engolido outras 29 cápsulas semelhantes.

Eles foram presos em flagrante e encaminhados para o hospital da cidade. A polícia informou que, ainda no decorrer desta semana, os detidos devem passar por audiência de custódia e, logo após, encaminhados para uma unidade prisional.

Fonte: Portal O Estado

Quatro adolescentes sequestram mulher e filha de 13 anos em bairro de São Luís

Quatro adolescentes foram apreendidos depois de terem sequestrado uma senhora e a sua filha de 13 anos.  As vítimas foram abordadas pelos bandidos que tomaram o veículo Fox de placas NWX-8891.

Armados de revólveres os assaltantes fizeram as vítimas como reféns. A Polícia Militar foi acionada e conseguiu localizar o veículo na Avenida dos Agricultores na Cidade Olímpica .

Naquele local os adolescente foram apreendidos e as vítimas foram libertadas. Os acusados foram conduzidos pelo sargento Fernandes,  soldado B. Rodrigues e tenente Deivity para o Plantão Central da Polícia Civil na Cidade Operária.

Com informações do Silvan Alves

Presos os funcionários que desviavam mercadorias a “clientes fantasmas” no interior do Maranhão

A Polícia Civil do Maranhão prendeu em flagrante na terça-feira (21) três funcionários de uma loja que são suspeitos de desviavam mercadorias a clientes “fantasmas” no município de Vila Nova dos Martírios.

Segundo a polícia os funcionários suspeitos, que não tiveram as suas identidades reveladas, foram presos pela prática dos crimes de estelionato, apropriação indébita e associação criminosa.

De acordo com a investigação policial, os suspeitos eram funcionários de uma loja da cidade de Imperatriz, a 626 km de São Luís, e utilizavam documentos falsos de supostos clientes para aprovarem crédito junto à loja que trabalhavam e junto à financeira Losango.

Após a financeira liberar o crédito, as mercadorias eram entregues aos referidos funcionários para que efetivassem a entrega das mercadorias aos supostos clientes, mas tais mercadorias eram vendidas pelos funcionários, pois tais clientes nunca existiram.

A polícia disse que as investigações prosseguem em relação aos eventuais crimes de falsificação e uso de documento falso. Os suspeitos foram encaminhados à unidade prisional de Açailândia, a 652 km da capital, onde vão ficar à disposição da Justiça.

ASSISTA VÍDEOS!!!!! Bandido armado assalta a Óticas Evidence, no Maiobão

Um bandido fortemente armado assaltou nesta terça-feira (21) a loja da Óticas Evidence, na Avenida 13, no conjunto Maiobão, localizado no município de Paço do Lumiar.

O assalto ocorreu quando o bandido chegou em uma motocicleta e anunciou o assalto. Momentos depois o criminoso saiu da loja, pegou a moto e fugiu tomando rumo ignorado.

A Polícia Militar e a Polícia Civil estiveram no local e recolheram as imagens das câmeras de segurança para identificar o criminoso, que pode ser preso a qualquer momento.

Confira os vídeos: 

Homem morre em motel durante uma relação sexual com sua própria filha

Na noite de sexta-feira (17), um homem identificado como A. C. P, de 64 anos, morreu durante uma relação sexual com sua filha de 46 anos. O local do ocorrido foi em um motel localizado na Rua Sátiro Dias, bairro São Francisco, Zona Sul de Manaus.

A mulher de 46 anos foi identificada com as iniciais A M. P. Familiares da mulher que preferiram não ser identificados relataram que a filha teria um relacionamento com o pai há aproximadamente 20 anos e que a mesma já teria tido um filho dele.

A equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) compareceu no local para constatar o óbito. O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), onde logo após os exames de necropsia será foi liberado aos familiares. A causa da morte será esclarecida.

Com informações do Manaus Alerta