Motoqueiro morre após ser atropelado e arrastado por caminhão na Cohab, em São Luís

Um motociclista, identificado como Felipe Diniz Rodrigues, morreu na tarde desta quarta-feira (28), em um acidente de trânsito no bairro Cohab Anil I, em São Luís. Felipe trabalhava em uma clínica odontológica, que fica próximo ao local onde ele morreu.

Segundo informações preliminares da perícia criminal, Felipe Diniz estava trafegando pela avenida Jerônimo de Albuquerque, em uma motocicleta Honda Fan vermelha, quando um veículo, que estava do lado esquerdo dele, colidiu na moto. Na batida, Felipe Diniz perdeu o controle do veículo e acabou colidindo em um poste.

Motociclista morre após ser arrastado por caminhão em São Luís — Foto: Alessandra Rodrigues/Mirante AM.

O jovem caiu da motocicleta e acabou sendo arrastado pela rua 4 do bairro Cohab Anil I, por um outro veículo, que, segundo testemunhas, seria um caminhão. Nenhum dos motoristas envolvidos no acidente pararam para prestar socorro à vítima.

Motociclista morre após ser arrastado por caminhão em São Luís — Foto: Alessandra Rodrigues/Mirante AM.

O acidente aconteceu próximo a uma clínica, que tem câmeras de segurança tanto na rua 4 quanto para o lado da avenida Jerônimo de Albuquerque. A Polícia Civil deve utilizar as imagens para identificar os dois veículos envolvidos no acidente com o motociclista.

Falso advogado que aplicou golpe de R$ 200 mil em família do interior do Ceará é preso no Maranhão

Tiago do Nascimento de Sá

O homem enganava as vítimas com falsas promessas de resolução de pendências judiciais. Prisão ocorreu na cidade maranhense de Paço do Lumiar, na manhã de terça-feira (27).

Um paulista que se passava por advogado e que aplicou golpes em oito pessoas de uma mesma família do interior do Ceará foi preso nesta terça-feira na cidade de Paço do Lumiar, no Maranhão. O homem enganava as vítimas com falsas promessas de resolução de pendências judiciais. O valor do prejuízo chega a cerca de R$ 200 mil.

Com ele, a polícia apreendeu dois veículos, entre eles, o carro que o suspeito utilizava nos golpes no Ceará, além de documentos e um aparelho celular. As investigações em torno do suspeito iniciaram em fevereiro deste ano. O homem tem antecedentes criminais em São Paulo pelo crime de estelionato.

De acordo com a Polícia Civil, o estelionatário se aproximava das vítimas com a promessa de solucionar processos judiciais que tramitam há anos na justiça, além de anunciar para elas supostos direitos a alguns benefícios, como aposentadorias, correção salarial, acesso ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e ao Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (FUNRURAL). Para tornar-se mais convincente, o suspeito chegou a comparecer ao Fórum da Comarca de Coreaú, no Ceará para ter acesso a um processo judicial de uma das vítimas.

Suspeito ganhou a confiança das vítimas

As oito vítimas identificadas até o momento, todas de uma mesma família, são moradoras das localidades de Boa Esperança e Cauã, zonas rurais da cidade de Moraújo. Todas conheceram o suspeito, após ele ser indicado por uma pessoa próxima, que tem família no Ceará, porém mora no Pará. O homem alegou que o suspeito já tinha resolvido uma pendência judicial para a família dele.

Desta forma, ele ganhou a confiança das vítimas e passou a solicitar os honorários por seu trabalho. O suspeito tinha o cuidado de sempre deixar as vítimas confiantes de que obteriam sucesso nas ações judiciais que ele ajuizasse. Estipulava prazos em que as vítimas receberiam valores ganhos nas ações, além de outras situações que seriam solucionadas, como usucapião de terra.

Denúncias

Após desconfiar do suspeito, as vítimas registraram as ocorrências e a Polícia Civil passou a investigar, descobrindo que o suspeito não era advogado e sim um estelionatário com passagens na Polícia nos Estados de São Paulo e Bahia. Após os crimes, o homem fugiu para o Pará, onde continuou aplicando golpes. Do norte do país, Tiago retornou ao nordeste, onde acabou preso no Maranhão.

A Polícia Civil do Ceará mantêm as investigações no sentido de identificar outras pessoas que possam ter sido vítimas do suspeito. O delegado João Gabriel Cardoso, responsável pelas investigações, alertou que as pessoas devem se certificar dos profissionais que contratam para evitar que se tornem vítimas de estelionatários. Outra orientação do delegado é que caso outras pessoas reconheçam o suspeito, procurem uma delegacia e registrem a ocorrência. (Por G1 CE)

Deputado Antônio Pereira prestigia a festa da padroeira de Montes Altos

O deputado estadual Antônio Pereira (DEM), acompanhado da esposa Carol Pereira e amigos prestigiou, no último final de semana, o festejo de Nossa Senhora de Santa Ana, padroeira do município de Montes Altos, na Região Tocantina.   

Também acompanhavam o democrata nas festividades o líder político Fabrício Ferraz, o vereador Aristides, os ex-vereadores Jacir e Edimir, expressivas lideranças políticas, comunitárias e populares.

Na ocasião, Antônio Pereira destacou ações do padre Luzimar Moura da Luz, pároco da Paróquia de Santa Ana, que na avaliação do deputado tem feito um trabalho extraordinário em Montes Altos.

Antônio Pereira e a esposa Carol posaram ao lado da réplica reformada da Torre de Pisa, monumento italiano mundialmente conhecido. A torre fica ao lado da Paróquia, na praça principal da cidade.

A torre tem 30 metros de altura, 96 pilares e foi construída em 18 de março de 1995 pelo padre capuchinho Aristides Arioli, em comemoração ao centenário dos capuchinhos no Estado do Maranhão e aos 33 anos da sua chegada em Montes Altos.

Montes Altos festeja sua padroeira - OPROGRESSONET

As homenagens á Santa aconteceram na Praça da Igreja Matriz, que ganhou decoração especial. Na noite de 24 de julho, chegou à igreja a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré.  (Assecom)  

Soldado da PM acusado de atirar e matar médico em Imperatriz é preso

A confirmação da prisão foi dada pelo secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela

Foi preso nesta terça-feira, 27, o soldado da Polícia Militar (PM), Adonias Sadda, acusado de assassinar o médico recém-formado Bruno Calaça, de 24 anos, dentro de uma boate no bairro Beira Rio, em Imperatriz, a 600 km de São Luís.

A vítima foi morta de forma covarde, sem que tivesse qualquer chance de se defender. Em imagens de câmeras de segurança, Adonias com arma em punho atirou contra o jovem que morreu no local. Desde a madrugada de segunda-feira, 26, quando o fato ocorreu, o militar fugiu e não foi mais visto.

A confirmação da prisão foi dada pelo secretário de Segurança Pública Jefferson Portela. “Informo que o soldado Adonias Sadda acaba de ser preso na cidade de Imperatriz. Nesse momento, ele está sendo conduzido para a Delegacia Regional”, revelou. (Itaqui Bacanga)

Vídeo mostra médico sendo morto durante festa em Imperatriz, no MA

Bruno Calaça Barbosa, de 24 anos, foi baleado na madrugada desta segunda-feira (26) em uma festa em Imperatriz, no sul do estado. Principal suspeito do crime, soldado Adonias Sadda está foragido.

Um vídeo captado por câmeras de segurança registraram o momento em que o médico Bruno Calaça Barbosa, de 24 anos, foi baleado na madrugada desta segunda-feira (24) (veja o vídeo acima). O crime aconteceu durante uma festa em Imperatriz, cidade localizada a 626 km de São Luís.

O principal suspeito do crime é o soldado da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA), Adonias Sadda. Segundo a Polícia Civil, logo após o crime, ele fugiu do local e até o momento, não foi localizado.

Veja o vídeo:

Nas imagens, o médico Bruno Calaça Barbosa aparece sentado em um palco conversando com algumas pessoas, quando é surpreendido pelo soldado Adonias Sadda. Em seguida, eles discutem, trocam empurrões e um disparo é efetuado.

As pessoas que estavam no local da festa, se assustam e afastam-se. De pé, Bruno Calaça ainda chega a trocar algumas palavras com o suspeito e, logo em seguida, cai no chão.

Adonias Sadda, soldado da Polícia Militar, é o principal suspeito de ter efetuado o disparo contra o médico. — Foto: Divulgação/Arquivo pessoal

Adonias Sadda.

Ao G1, a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP) e o Comando Geral da Polícia Militar afirmaram que estão realizando todos os esforços para tentar localizar o soldado Adonias Sadda.

Ainda não sabe a motivação do crime. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil e as medidas de cunho administrativo e criminal, em relação ao soldado, serão tomadas pela Corregedoria Geral da Polícia Militar. (G1MA)

Enfermeira é presa em flagrante acusada de desviar de remédios em hospitais no MA

EM CURURUPU,TÉCNICA DE ENFERMAGEM É PRESA EM FLAGRANTE PELA POLÍCIA CIVIL POR DESVIAR MEDICAMENTOS

A Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Equipe de Plantão da 21ª Delegacia Regional de Cururupu, a 465 km de São Luís, prendeu nesse sábado (24) em Cururupu, a 465 km de São Luís, uma técnica de enfermagem, que não teve a sua identidade revelada, após ela desviar medicamentos em hospitais situados nas cidades de Guimarães e Porto Rico.

Segundo a polícia, foram realizadas buscas na residência da técnica, onde foram encontrados pelos policiais uma grande quantidade de remédios tais como ampolas de diazepam, diclofenaco, dexametazona, bromoprida, dipirona, dentre outros medicamentos, além de seringas, gaze e outros materiais hospitalares.

Ao ser questionada pela polícia sobre a aquisição dos medicamentos e materiais hospitalares, a presa disse que por ser técnica de enfermagem, tratava de pessoas que moravam próximo à sua residência, sendo que tais medicamentos foram retirados dos hospitais em que trabalha como servidora pública municipal, tanto na cidade de Guimarães, como na cidade de Porto Rico.

De acordo com a técnica de enfermagem, os medicamentos eram utilizados para serem aplicados em pessoas que moravam próximo de sua residência e que nunca havia cobrado para fazer tais serviços com a medicação de retirava dos hospitais.

Ela foi autuada pelo crime de peculato e encaminhada para uma Unidade Prisional de Ressocialização (UPR), onde ficará à disposição da Justiça.

Crime de Peculato

O crime de peculato consiste na subtração ou desvio, por abuso de confiança, de dinheiro público ou de coisa móvel apreciável, para proveito próprio ou alheio, por funcionário público que os administra ou guarda; abuso de confiança pública. A pena por este crime pode variar e dois a 12 anos, mais multa.

Antônio Pereira visita o líder político Guimar e o vereador Fábio Fernandes

O deputado estadual Antônio Pereira (DEM) realizou, na quinta-feira (22), uma visita de cortesia ao líder político da cidade de Imperatriz, senhor Guimar e ao seu filho, vereador Fábio Fernandes.  

Na ocasião, Antônio Pereira, o líder político Guimar e Fábio Fernandes dialogaram sobre vários assuntos de interesse da população da região, e iniciaram conversas políticas para as eleições 2022 e 2024.

Antônio Pereira é pré-candidato a deputado estadual nas eleições de 2022 e trabalha para conquistar o sexto mandato. Nos últimos dias,o democrata cumpre agenda política em suas bases eleitorais na região. (Assecom)    

Segurança do Supermercados Mateus espanca mulher com ripa em São Luís

ABSURDO! Mulher diz que foi torturada por seguranças dentro do Mix Mateus - Luís Pablo | Blog sobre política, com crítica da mídia e informação alternativaLuís Pablo | Blog sobre política, com

Uma mulher registrou um Boletim de Ocorrência (B.O) denunciando que foi agredida por seguranças dentro do Mix Mateus do Araçagy, em São Luís. Jacqueline Debora Costa de Oliveira, de 42 anos, disse ainda que as agressões foram feitas com pedaços de ripa, após ela ser confundida com uma ladra.

O caso foi publicado inicialmente pelo Blog do Neto Ferreira, e o G1 confirmou. Na Casa da Mulher Brasileira, Jacqueline declarou que as agressões aconteceram na manhã da última terça-feira (20).

“Fui muito humilhada com palavras agressivas e torturas. Foram três pessoas. O vigilante, uma funcionária e mais um funcionário do Mateus”, disse Jacqueline.

A delegada da Mulher, Kazumi Tanaka, também confirmou a denúncia e disse que já foi aberta uma investigação do caso. Jacqueline foi submetida a um exame de corpo de delito, e a polícia vai pedir imagens de câmeras do supermercado.

Jacqueline disse que tudo começou quando ela foi ao supermercado para comprar comida, mas acabou saindo sem nada porque tinha esquecido o cartão de crédito. Foi então que o segurança do Mateus a agarrou pelo braço, já na região do estacionamento, e a levou para dentro de uma ‘Sala de Prevenção de Perdas‘, onde iniciaram as agressões.

Mulher denuncia que foi torturada por seguranças dentro do Mix Mateus, após ser confundida, em São Luís | Maranhão | G1

Na denúncia, Jacqueline declarou também que, na sala, os funcionários disseram que ela era membro de uma quadrilha que rouba produtos de supermercados. No local, tiraram fotos dela, enviaram para diversas pessoas, e tentavam fazê-la destravar o celular para entregar outras supostas comparsas.

“O vigilante e uma funcionária foram muito agressivos. Eles desligaram a câmera que tem dentro da sala e iniciaram uma sessão de tortura. Não encontraram nada na minha bolsa, pegaram umas garrafas de gim e tentaram forjar que eu tinha roubado. Disseram ainda que era pra eu ‘entregar as pessoas’, me mostraram fotos de mulheres que eu nunca vi na vida. Eu ainda destravei o celular, mas mesmo assim fui muito agredida”, relata Jacqueline.

A mulher disse ainda que a tortura só terminou quando um policial chegou ao local, após uma hora e meia, e começou a dizer aos funcionários do supermercado que tudo ali estava errado.

Mulher denuncia que foi torturada por seguranças dentro do Mix Mateus, após ser confundida, em São Luís | Maranhão | G1

“Um policial entrou e me viu na sala. Depois o vigilante me levou para a parada de ônibus tentando me convencer a não denunciar porque eles já estavam me liberando. Eu sou mãe de família, tenho meus filhos, e fui muito humilhada. Falei com meu advogado e decidi denunciar”, declarou.

Em nota, o Grupo Mateus afirmou que foi montada uma sindicância para apurar o caso e que a conduta relatada não condiz os procedimentos e valores da empresa. O grupo declarou ainda que se colocou à disposição das autoridades para esclarecimentos.

VÍDEO! Avó e neta de 13 anos são achadas mortas dentro de casa em Timon

No início da tarde deste domingo (18), uma avó e sua neta de 13 anos foram encontradas mortas dentro da própria residência na Rua 70 do bairro Centro Operário, em Timon, na região leste do Maranhão. A Polícia Civil suspeita que a neta matou a própria avó e depois cometeu suicídio. O caso chocou a população do Estado do Maranhão.

Segundo a polícia, a avó foi identificada como Marilene Muniz da Silva, de 48 anos. Ela foi encontrada com várias perfurações de faca, enquanto a neta  C.S.A.S, de 13 anos, estava pendurada em uma corda. O Instituto de Criminalística esteve no local para início das investigações, que serão comandadas pela Delegacia de Homicídios de Timon.

Corpos de avó e neta são encontrados dentro de casa em Timon - meionorte.com

“Esse é um caso um pouco complexo e só existem duas hipóteses: Duplo homicídio ou homicídio e suicídio. A faca foi encontrada ao lado do corpo da vítima. Agora só a perícia para saber o que realmente aconteceu”, afirmou o delegado Cláudio Mendes.

Na residência, a polícia também encontrou uma área destelhada, na região do banheiro. No entanto, ainda não há indícios de que alguma pessoa teria entrado por lá. Os policiais também apreenderam dois celulares no local, que ainda serão periciados.

Confira o vídeo: 

Bandidos pedem comida e assaltam entregadores no interior do Maranhão

Bandidos pedem comida e roubam entregador em Imperatriz

Mais um entregador de serviços delivery foi vítima de assalto durante o trabalho em Imperatriz. A vítima, que trabalha com entrega de hambúrguer, estava fazendo a entrega de um pedido, feito pelos próprios criminosos em um aplicativo de delivery de comida, quando foi assaltado por dois homens.

O assalto aconteceu na madrugada de hoje (17), na Rua Pedro América, no Bairro Vila Mariana. Os bandidos levaram a moto, celular, relógio, máquina de cartão, dinheiro, e até a bolsa com os hambúrgueres.

A polícia conseguiu recuperar a moto da vítima na manhã de hoje (17), no mesmo bairro onde aconteceu o assalto, mas os criminosos não foram localizados. (Da redação com informaçõs do Imperatriz Online)