ASSISTA! Policiais rodoviários transformam viatura em câmara de gás e matam doente mental

Um homem negro de 38 anos morreu, na tarde desta quarta-feira (25/5), após ter sido abordado por policiais rodoviários federais em Umbaúba, no litoral sul de Sergipe. Vídeos gravados por testemunhas mostram a vítima sendo algemada no chão, se contorcendo, e depois sendo prensada no porta-malas da viatura enquanto sai uma fumaça similar a munição química.

Segundo o G1, o homem foi identificado como Genivaldo de Jesus Santos e a abordagem foi presenciada pelo sobrinho dele, Wallyson de Jesus, que disse que o tio foi parado quando pilotava uma motocicleta. “Eu estava próximo e vi tudo. Informei aos agentes que o meu tio tinha transtorno mental. Eles pediram para que ele levantasse as mãos e encontraram no bolso dele cartelas de medicamentos. Meu tio ficou nervoso e perguntou o que tinha feito. Eu pedi que ele se acalmasse e que me ouvisse”, contou ao portal.

O jovem relatou que mesmo tentando dialogar com os policiais, não foi ouvido, e que usaram spray de pimenta e o colocaram no veículo. “Eles jogaram um tipo de gás dentro da mala, foram para delegacia, mas meu tio já chegou lá desacordado. Diante disso, os policiais levaram ele para o hospital, mas já era tarde”.

estemunhas que gravaram a ação nada fazem durante o registro e é possível ouvir comentários de “vai matar o cara lá dentro”. Em outro ângulo do vídeo, uma mulher fala “pode gravar isso aí, isso aí é um crime” enquanto sai a fumaça da viatura.

À reportagem, a assessoria da Polícia Civil de Sergipe confirmou apenas que familiares e testemunhas prestaram depoimento na delegacia da cidade, mas não quis dar detalhes da ocorrência. A Ponte também procurou a Prefeitura de Umbaúba para saber sobre o atendimento a Genivaldo, mas a assessoria só funcionava até as 13h, e tentou ligar para o Hospital José Nailson Moura, mas não localizou contato.

O uso de armas menos letais é previsto dentre os princípios do uso escalonado da força e estão previstas e normas internacionais e nacional como meio de não recorrer à força letal. Empregar spray, munição química, bombas, balas de borracha e afins sem seguir protocolos pode ser considerado como forma de tortura e até causar morte. Componentes a gás nunca devem ser usados em ambientes fechados, à curta distância ou em direção à cabeça e membros superiores das pessoas porque podem causar asfixia, segundo o Guia de Uso de Armas Menos Letais na Aplicação da Lei (leia aqui, em inglês) da Organização das Nações Unidas (ONU).

Além disso, a Lei Federal 13.060/2014 disciplina uso de armas menos letais, conhecidas como de menor potencial ofensivo, respeitando a “legalidade“, “necessidade” e “proporcionalidade”. Isso indica que os policiais devem realizar cursos que os habilitem a utilizar esses artefatos e que, caso ocorram ferimentos durante o emprego, ”deverá ser assegurada a imediata prestação de assistência e socorro médico aos feridos, bem como a comunicação do ocorrido à família ou à pessoa por eles indicada”. Ou seja, não podem ser empregados de qualquer maneira.

O que diz a PRF-SE

Questionada sobre o vídeo, a assessoria da corporação encaminhou a seguinte nota:

Na data de hoje, 25 de maio de 2022, durante ação policial na BR-101, em Umbaúba-SE, um homem de 38 anos, resistiu ativamente a uma abordagem de uma equipe PRF. Em razão da sua agressividade, foram empregados técnicas de imobilização e instrumentos de menor potencial ofensivo para sua contenção e o indivíduo foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil em Umbaúba.

Durante o deslocamento, o abordado veio a passar mal e socorrido de imediato ao Hospital José Nailson Moura, onde posteriormente foi atendido e constatado o óbito. A equipe registrou a ocorrência na Polícia Judiciária, que irá apurar o caso. A Polícia Rodoviária Federal em Sergipe lamenta o ocorrido e informa que foi aberto procedimento disciplinar para averiguar a conduta dos policiais envolvidos. 

Confira o vídeo mostrando a vítima, que tinha transtornos mentais, sendo algemada e prensada dentro de porta-malas enquanto sai fumaça do veículo; PRF diz que agentes usaram armas menos letais para contê-lo durante abordagem. 

Acusado de matar empresário em Barra do Corda morava nos fundos da casa dele e é foragido na justiça

Elker Sousa, de 41 anos, foi executado a tiros na madrugada do último domingo, 22, na porta da sua residência, no bairro Trizidela, na cidade de Barra do Corda 

A polícia prendeu, na noite dessa terça-feira, 24, um homem suspeito de matar o empresário Elker Sousa, de 41 anos, na madrugada do último domingo, 22, no município de Barra do Corda, a 454 km de São Luís.

De acordo com as primeiras informações, o suspeito, identificado como Victor Hugo Tavares Santos, de 31 anos, é natural do Amazonas, e estava instalado em uma quitinete na Avenida Roseana Sarney, bairro Trizidela, nos fundos da casa do empresário.

Uma mulher que estava com o suspeito no momento da operação policial também foi detida. Ela não teve o nome divulgado.

Contra Victor Hugo, havia um mandado de prisão preventiva em aberto, expedido pelo juízo da comarca de Presidente Figueiredo, estado do Amazonas, pela prática de roubos.

O indivíduo foi preso por volta das 22h e levado à delegacia para prestar depoimento. Um segundo elemento suspeito de participação no crime ainda não foi localizado, mas a polícia já trabalha com pistas para tentar capturá-lo.

O crime

O empresário Elker Sousa, de 41 anos, foi assassinado a tiros na madrugada do último domingo, 22, na porta da sua residência, no município de Barra do Corda.

A vítima estacionou o carro em frente à garagem quando dois indivíduos se aproximaram em uma moto e o abordaram. Teria ocorrido luta corporal entre o empresário e um dos criminosos, que efetuou os disparos em seguida.

De acordo com as primeiras informações, o caso pode ter sido um latrocínio (roubo que resulta em morte), já que os bandidos levaram peças de ouro do empresário. (Da redação com informações do Gilberto Lima)

“Me matou por dentro”, diz a jovem que teve rosto tatuado por ex em SP

Thayane Caldas, jovem que teve rosto tatuado por ex-namorado em Taubaté (SP) - Metrópoles

 Uma jovem que teve o rosto tatuado com o nome do ex-namorado relata ter sido sequestrada e mantida em cárcere privado pelo rapaz, que não aceitou o fim do relacionamento. O caso aconteceu em Taubaté, no interior de São Paulo, na última sexta-feira (20/5).

“Quando eu olhei, não era mais eu, não sou eu com isso aqui. Para mim, ele me matou por dentro, acabou comigo”, disse à TV Vanguarda.

Thayane Caldas, de 18 anos, sumiu quando estava indo para um curso. A mãe da jovem, Déborah, estranhou o sumiço da filha e fez um registro de ocorrência no plantão policial.

Segundo Thayane, Gabriel Henrique Alves Coelho, além de bater nela, amarrou suas mãos e tatuou seu rosto: “Uma forma de me marcar e dizer que eu sou propriedade dele”, afirmou a jovem.

Contra Gabriel havia duas medidas protetivas, uma de 2021 e outra de 2022. Ele foi detido no sábado (21/5). De acordo com o G1, na delegacia, ele apresentou um vídeo em que a ex-namorada consentia a tatuagem, mas a versão é investigada pela polícia.

O caso passou para a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). Gabriel teve audiência de custódia no domingo e segue preso. (Metrópoles)

Mulher é assassinada pelo próprio companheiro em Vargem Grande

Uma mulher, identificada como Euziane Conceição da Silva, foi assassinada a facadas, na manhã de domingo (22), no povoado Boi Manso, na zona rural de Vargem Grande, a 182 km de São Luís.

De acordo com informações, o autor do crime foi o próprio companheiro da vítima, identificado como Marcelo de Sousa. Euziane foi morta dentro de casa na frente do filho de três anos, após uma discussão motivada por ciúmes.

Pelas informações passadas no local do crime, o assassino teria passado um período trabalhando em Goiás. Ao retornar, ele teria recebido informações de que a mulher teve relacionamento com outro homem e resolveu matá-la. Após a ação criminosa, o assassino fugiu.

A polícia militar esteve no local e realizou diligências, mas não conseguiu, até o momento, localizar e prender o criminoso. A Polícia Civil já deu início às investigações e trabalha para que o assassino seja preso nas próximas horas.

No início da madrugada desta segunda-feira (23), o blog recebeu informações de que um homem, que seria o assassino, foi encontrado morto com vários golpes de faca. No entanto, não tivemos condições de checar a veracidade dessa informação.

A polícia deverá divulgar mais detalhes desse crime na manhã desta segunda.

VÍDEO! Empresário ex-candidato a vereador que apostou R$ 300 mil na eleição de prefeito é morto a tiros no interior do Maranhão

O empresário Elker Sousa Ferreira, de 41 anos, foi assassinado a tiros, na madrugada deste domingo (22), na cidade de Barra do Corda, a 454 km de São Luís.  Ele foi morto na porta de casa.

Segundo a polícia, a principal linha de investigação aponta que ele pode ter sido vítima de latrocínio (roubo com resultado morte).

Elker Sousa estava chegando em casa, na Rua Rio Mearim, no bairro Trizidela, por volta das 3h, quando foi abordado por dois homens, que estavam em uma motocicleta de marca e placa não identificadas.

Segundo uma vizinha, ao ser abordado, o empresário reagiu e houve luta corporal.Os criminosos tomaram da vítima uma corrente e uma pulseira de ouro.

Os bandidos não conseguiram arrancar um anel de ouro do dedo da vítima e acabaram disparando três tiros contra o empresário.

Empresário que apostou R$ 300 mil na vitória de Rigo Teles é morto a tiros em Barra do Corda durante assalto - Enquanto Isso no Maranhão

Elker Sousa morreu no local, enquanto os criminosos fugiram levando, também, o celular do empresário.

Após a ação criminosa, a polícia foi acionada, mas ainda não conseguiu identificar e prender nenhum suspeito do crime. Imagens de câmeras de segurança podem ajudar a polícia a identificar os criminosos.

O caso está sendo investigado pela Delegacia Regional de Barra do Corda. Na eleição passada, Elker Sousa apostou R$ 300 mil  na vitória de Rigo Teles, que venceu a eleição. (Da redação com informações do Gilberto Lima)

Confira o vídeo: 

Funcionário do Mateus morre após ser baleado durante assalto a ônibus em São Luís

Um homem, identificado como Wellington Rosa da Silva, de 39 anos, foi morto a tiros durante um assalto a ônibus, na tarde de quinta-feira (19), na BR-135, no bairro Pedrinhas, em São Luís.

Wellington, que era funcionário da rede de Supermercados Mateus, estava no ônibus da faz a linha Coqueiro, na zona rural de São Luís, e voltava para casa, na Vila Samara.

Ele reagiu ao assalto e acabou sendo baleado no abdômen. Houve gritaria e tumulto dentro do coletivo, que estava lotado. Alguns passageiros ainda foram ao posto da PRF em busca de socorro.

Por alguns instantes, o passageiro baleado ficou estirado no corredor do ônibus, à espera de socorro. Diante da demora, os próprios passageiros resolveram socorrê-lo.

Wellington foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Maracanã, mas, mas não resistiu e morreu. Como ele não sangrou após ser baleado, suspeita-se ele teve hemorragia interna.

Após a ação criminosa, o assaltante fugiu com a arma em punho. Guarnições da PM estão realizando incursões na região para tentar prender o criminoso.

Wellington é a segunda vítima de assalto a ônibus em menos de 48 horas, em São Luís.  No início da tarde dessa quarta-feira (18), Regina Rodrigues França, de 39 anos, se jogou do ônibus que faz a linha Paranã/São Francisco, durante um assalto na MA-201, Estrada de Ribamar, em frente à garagem da empresa Taguatur. Ela morreu em consequência de traumatismo craniano. Os bandidos foram presos na área do Recanto Verde, nas proximidades do local do assalto.

Outro assalto a ônibus, registrado na noite dessa quarta-feira (18), na Avenida Guajajaras, resultou em ferimentos no motorista, que reagiu e foi esfaqueado pelo assaltante. Ele foi levado ao Socorrão 2 e liberado no fim da noite.(Gilberto Lima)

Servidora do Hospital Dutra morre após pular de ônibus durante assalto em São Luís

Nesta quarta-feira (18), uma mulher identificada como Regina Rodrigues França, de 39 anos. morreu ao se jogar de um ônibus em movimento durante um assalto na Estrada de Ribamar, Região Metropolitana de São Luís.

De acordo com a polícia, Regina Rodrigues França trabalhava na área de serviços gerais do Hospital Presidente Dutra. Ela teria se assustado quando dois assaltantes entraram no ônibus, da linha Paranã/São Francisco, na região próximo a Quimica Norte.

Mulher morre ao se jogar de um ônibus durante assalto na Estrada de Ribamar – Jornal Pequeno

A dupla teria ameaçado os passageiros e o motorista do ônibus, o que fez Regina pular pela janela. Ao cair, ela teve um forte impacto na cabeça e morreu nas proximidades da garagem da Taguatur.

Mulher se jogou do coletivo e acabou morrendo na Estrada de Ribamar — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Os criminosos concluíram o assalto e depois fugiram para uma região de matagal. A Polícia Militar diz que realizou rondas na região, mas ninguém foi preso. O corpo de Regina foi encaminhado ao Instituto Médico Legal, em São Luís para reconhecimento dos familiares.

Dois policiais rodoviários federais são mortos a tiros na BR-116 em Fortaleza

Homem envolvido no assassinato dos agentes também morreu em confronto com a polícia

Dois agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF-CE) foram mortos na manhã desta quarta-feira (18), no KM 6 da BR-116, após serem baleados por um homem ainda não identificado. O crime ocorreu próximo ao viaduto da Avenida Oliveira Paiva, no bairro Cidade dos Funcionários, em Fortaleza.

Conforme o PRF Márcio Moura, o criminoso foi baleado por um terceiro policial à paisana que trafegava pelo local no momento do ocorrido. O suspeito não resistiu aos ferimentos.

Os policiais apuram também se há uma terceira pessoa envolvida no crime.

Segundo a Polícia Militar, o responsável por matar o criminoso foi um agente da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) de folga, que passava pelo local.

Vítimas

Morreram na ação criminosa Márcio Hélio Almeida de Sousa e Raimundo Bonifácio do Nascimento Filho. Ainda segundo Moura, os dois agentes atendiam a uma ocorrência de trânsito na BR-116 em virtude de um acidente que deixou o tráfego lento.

“Eles foram atacados por dois membros que tomaram as armas dele. Teve luta corporal, e um elemento também foi alvejado. Vamos encontrar também esse segundo elemento”, disse.

Eles tiveram os óbitos atestados ainda no local pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Equipes da PRF-CE, da Polícia Militar, da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) e um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) estão no local da ocorrência.

O trânsito na alça do viaduto foi bloqueado. Há intensa movimentação de forças de segurança e de motoristas na região.

Mulher é atacada pelo ex em restaurante, pastor tenta evitar e acaba morto; suspeito é preso no Tocantins

Ex-companheira do criminoso estava almoçando junto com a família do pastor, que foi atingido no peito e morreu na frente da esposa e filha.

Homem (à esquerda) foi preso por suspeita de matar o pastor Gilson Souza Morais (à direita) — Foto: Redes Sociais

A Polícia Militar do Tocantins prendeu na sexta-feira (13) um homem suspeito de matar um pastor que tentou defender uma mulher dentro de um restaurante em Estreito, no Sudoeste do Maranhão.

Segundo a polícia, o pastor foi identificado como Gilson Souza Morais. Ele estava almoçando em um restaurante próximo à Avenida Tancredo Neves, no Centro de Estreito, junto com a esposa, a filha, e uma mulher recém-separada do companheiro.

No local, um homem se aproximou e teria tentado atacar a ex-companheira. Gilson tentou defendê-la e acabou morto com um golpe de faca no peito.

Câmeras de segurança flagraram o criminoso fugindo a pé. Ele foi até a cidade de Nazaré, no Tocantins, onde foi preso ainda durante a tarde e deve ser encaminhado a uma penitenciária. (G1MA)

VÍDEOS! Assaltantes de moto tocam terror no Renascença, em São Luís

Um dupla em uma moto vem realizando assaltos a mão armada no bairro Renascença nos últimos dias. Nesta sexta-feira, por volta das 13h eles atacaram na Rua das Graúnas, esquina com Rua dos Bicudos.

A ação foi semelhante à da semana passada, mostrado no Portal Guará. As câmeras do mesmo residencial tem flagrado os crimes. Pela modus operandi se trata da mesma dupla.

É hora da Polícia Militar agir e livrar os trabalhadores, tirando a dupla da ação criminosa. Veja momento que o o motorista e rapaz são atacados pela dupla de criminsos.

Confira os vídeos: