CORONAVÍRUS! Anvisa aprova uso de vacinas; enfermeira recebe a 1ª dose

Primeira vacinada no Brasil

A enfermeira Mônica Calazans (foto em destaque), 54 anos, acaba de ser vacinada. Ela é, oficialmente, a primeira pessoa a receber o imunizante contra o coronavírus no Brasil. Neste domingo (17/1), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso emergencial da vacina produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a chinesa Sinovac. Além disso, os diretores do órgão deram aval unânime para a utilização da Oxford/AstraZeneca, produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Moradora de Itaquera, na zona Leste da capital Paulista, Mônica trabalha na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Instituto Emílio Ribas. Leva cerca de uma hora e meia se deslocando até o hospital, referência para o tratamento de Covid-19 na região central de São Paulo.

Depois de ser vacinada, ela recebeu um selo do governador João Doria (PSDB) com a frase: “Estou vacinada pelo Butantan”. “Não sabe o que isso significa para mim e todos os brasileiros”, disse, emocionada. Logo em seguida, o chefe do Executivo de São Paulo iniciou uma coletiva, nos Hospitais das Clínicas.

Mônica é mulher, negra, enfermeira da linha de frente no combate à pandemia e atua na UTI do Emílio Ribas, que hoje tem 60 leitos e, desde abril, mantém mais de 90% de taxa de ocupação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *