Ex-vice prefeito de São Mateus esconde os nomes dos deputados e do secretário estadual citados pela organização criminosa

O ex-vice prefeito do município de São Mateus, Rogério Garcia, foi chamado novamente para depor na Secretaria de Estado de Segurança Pública do Maranhão.  Desta vez, Garcia deveria declinar os nomes dos dois deputados e de um secretário estadual, como pessoas que resolveriam o caso da máfia de contrabando presa.

Rogério Garcia – considerado pela polícia como o grande líder da organização criminosa que controla o contrabando no Estado do Maranhão – usou o direito constitucional de ficar calado e só responder em juízo, quando lhe for perguntado sobre os nomes das autoridades que ele disse que poderiam proteger o bando. Naturalmente, Rogério foi orientado pelo seu advogado de defesa.

A informação prestada pelo secretário de Segurança, Jefferson Portela. “As investigações para saber os nomes das autoridades citados por Rogério Garcia vão continuar. Não importa quem esteja envolvido, mas todos os que tenham participação no crime irão responder civil e criminalmente. Não importa se é autoridade ou empresário, seja este de pequeno, médio ou pequeno porte”, garantiu.

ÁUDIO BOMBA

Em áudio amplamente divulgado na imprensa, Garcia diz a um interlocutor que estaria usando sua influência política no Governo do Estado e com dois deputados, para resolver o problema que está envolvido. Dando sinais de tudo pode voltar a normal, Rogério Garcia pede ao interlocutor que transmita aos demais comparsas para comerem um pouco do “veneno”, pois tudo será resolvido.

Ouça o áudio:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.