Sargento da PM e casal de São Luís morrem em dois acidentes na “Rodovia da Morte”

O sargento Paulo Roberto morreu dentro da viatura

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que três pessoas morreram vítimas de acidentes nas últimas horas na BR-316, que por causa do grande número de acidentes com vítimas fatais, está sendo considerada a “Rodovia da Morte” do Maranhão.

De acordo com a PRF, a primeira vítima foi o sargento Paulo Roberto da Silva Dias, que morreu na manhã desta sexta-feira (27), após a viatura que ele dirigia colidir em uma carreta na BR-316, próximo à entrada do município de Castanhal, nordeste paraense.

 

A viatura bateu na carreta e ficou totalmente destruída

O sargento seguia em um comboio de viaturas quando perdeu o controle do veículo, invadiu a pista do sentido oposto, colidiu lateralmente com uma carreta, saiu da pista e capotou diversas vezes. O PM ficou preso nas ferragens e morreu.

O casal desmaiou e morreu afogado dentro do carro

Esposa grávida  

O segundo acidente aconteceu na tarde de sexta-feira (27), perto do Povoado Zé Chicão, em Olho D’água das Cunhãs. As vítimas foram identificadas como o casal Emerson Cardoso de Oliveira e Enrinete Solara Cardoso Rodrigues, que estaria grávida.

De acordo com a PRF, um carro com placas de  São Luis  vinha no sentido Bacabal – Santa Inês e, ao bater em um buraco na BR-316, o motorista perdeu o controle e o veiculo e capotou várias vezes e depois caiu em um lago, na margem da rodovia federal.

O carro foi parar dentro do riacho ao lado da rodovia

Com o grande choque causado pela capotagem do veiculo, o motorista a senhora desmaiaram e consequentemente morreram afogados ao cair no lago. Os corpos foram removidos do local pelo Instituto Médico Legal (IML) e liberado aos familiares.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.