Pastor de 61 anos é preso suspeito de estuprar duas crianças de quatro anos dentro de igreja

O pastor responde por dois inquéritos policiais e hoje ele foi preso e pode pegar até 15 anos de cadeia.

Um pastor de uma igreja evangélica foi preso nesta quinta-feira (28), às 11h, na zona Norte de Teresina. O evangélico, de 61 anos, é suspeito de estuprar duas crianças de apenas quatro anos dentro do templo. O nome do pastor não foi revelado para preservar a identidade das vítimas.

De acordo com o delegado Matheus Zanatta, coordenador da Gerência de Polícia Especializada (GPE), o pastor foi denunciado à polícia em outubro de 2018, quando se iniciou as investigações em torno do suspeito.

O Código Penal brasileiro define o estupro de vulnerável como aquele em que a vítima é menor de 14 anos. Ele prevê uma pena de 8 a 15 anos de prisão, superior à pena de 6 a 10 anos prevista pelo estupro de vítimas maiores de 14 anos.

Delegado Matheus Zanatta cumpriu a ordem de prisão

“Em outubro do ano passado, as crianças relataram às mães que haviam sido estupradas pelo pastor, elas então denunciaram o crime à polícia. O pastor responde por dois inquéritos policiais e hoje ele foi preso ao prestar depoimento na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA)”, afirma o delegado.

Ainda de acordo com Zanatta, os estupros ocorriam quando a família ia ao culto e as crianças ficavam brincando dentro da própria igreja.

“A família ia assistir ao culto na igreja e enquanto isso, essas crianças ficavam brincando na igreja. O pastor ia brincar com elas e praticava os estupros, mas agora que nós cumprimos esse mandado de prisão, iremos concluir o inquérito e o pastor ficará à disposição da justiça”, finaliza Matheus Zanatta. (Portal AZ)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *