De Faustão a Huck, apresentadores terão salários milionários reduzidos; veja a tabela

As informações sobre corte nos salários de grandes estrelas já foram vazadas dentro da Globo e causou um forte rebuliço entre alguns contratados

Após iniciar uma forte redução nos valores do salário de Galvão Bueno e outros profissionais ligados área do esporte, a Globo também pretende passar a faca nos contra-cheques milionários de grandes nomes da área artística. Estão na mira os seguintes medalhões: Ana Maria Braga, Luciano Huck, Fátima Bernardes, Fausto Silva, Aguinaldo Silva, Pedro Bial e William Bonner. As informações são do Na Telinha.

NaTelinha apurou que, inicialmente, os cortes na Globo girarão em torno de 20% a 40% e serão calculados em cima dos salários fixos e não sob os percentuais de participação que cada artista tem nos merchandisings. O assunto vem sendo tratado com alto sigilo dentro da Globo.

Neste cenário, os jornalistas que desempenham funções de apresentadores e pertençam ao núcleo de jornalismo, seriam os mais prejudicados. William Bonner não possui permissão para ser garoto propaganda de marca e incrementar seus vencimento. Diferente dos jornalistas que migraram para a área de entretenimento, como é o caso de Tiago Leifert, Patrícia Poeta e Fernanda Gentil, mais recentemente.

As informações sobre corte nos salários de grandes estrelas já foram vazadas dentro da Globo e causou um forte rebuliço entre alguns contratados. A faca nos vencimentos milionários de medalhões do casting faz parte de um processo de readequação financeira que a Globo pretende realizar nos próximos meses. Alguns contratados que estão próximos da renovação de contrato já foram procurados pela direção da emissora para discutir a redução salarial.

Confira a tabela dos salários de alguns apresentadores da Globo, incluindo os valores com merchandising durante referente o mês de abril.

Família de brasileiros é achada morta em apartamento em Santiago, no Chile

Família estava em Santiago para comemorar o aniversário de um dos filhos, Caroline Nascimento de Souza, que completaria 15 anos na sexta-feira (24)

Seis turistas brasileiros foram encontrados mortos em um apartamento alugado em Santiago, na capital do Chile. A principal suspeita é que tenham sido vítimas de um vazamento de gás.

O grupo estava de férias e havia alugado o imóvel através de um aplicativo. De acordo com o Ministério das Relações Exteriores do Brasil, a família recebeu telefonemas ontem (22) dos turistas, os quais diziam coisas sem sentido e desconexas. Preocupados, os familiares entraram em contato com a polícia.

Um delegado de Florianópolis, então, acionou o Consulado brasileiro no Chile, que enviou um representante ao apartamento. O diplomata encontrou seis corpos: de quatro adultos e duas crianças. A identidade das vítimas ainda não foi relevada oficialmente, mas a prima de um dos brasileiros contou que cinco deles eram de Santa Catarina e forneceu os nomes.

Tratam-se de dois casais, um deles com filhos: Fabiano de Souza, de 41 anos, Débora Muniz Nascimento de Souza, de 38 anos, Caroline Nascimento de Souza, de 15 anos, Felipe Nascimento de Souza, de 13 anos, Jonathas Nascimento Kruger, de 30 anos, e Adriane Krueger, cuja idade não foi confirmada.

As informações foram repassadas por Noemi Fortunato Nascimento, prima de Jhonatas e Débora, de acordo com o portal “G1”. As autoridades e equipes do Corpo de Bombeiros local encontraram uma alta concentração de monóxido de carbono no apartamento, um gás incolor cuja inalação pode levar à morte.

O prédio fica na esquina das ruas Santo Domingo e Mosqueto, no centro de Santiago, e foi completamente esvaziado pelas autoridades. (ANSA).  De acordo com a Polícia Civil de Santa Catarina, a família estava em Santiago para comemorar o aniversário de um dos filhos, Caroline Nascimento de Souza, que completaria 15 anos na sexta-feira. Uma das vítimas também estava de férias.

Advogado e mais duas pessoas morrem em acidente na BR-316, perto de Timon

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que três pessoas morreram em um gravíssimo acidente na BR-316, no trecho entre as cidades de Timon e Caxias, na região dos Cocais, por volta de 20h de quarta-feira (22).

De acordo com a PRF, o acidente que ocorreu a 8 km de Timon, envolveu os veículos Renault Sandero, de cor branca e placa PSA-4810, de São Luís, e um caminhão Mercedes Benz, de cor amarela e placa BUD-1659, de Teresina/PI.

Segundo informações do 7º Batalhão de Bombeiros Militar, em Timon, que atendeu a ocorrência, os três mortos estavam no veículo Renaut Sandero, que ficou com a lateral destruída com o o choque.

Uma das vítimas ficou presa às ferragens e os bombeiros tiveram de cortar partes do veículo para retirá-la. O motorista do caminhão ausentou-se do local por medo, mas ligou para a PRF de Caxias e informou sobre o acidente.

Os três mortos foram identificados pela PRF como Jurandir Sousa Bastos Junior, de 36 anos; Bernada Ferreira da Silva, de 61 anos e José Ribamar Rocha Neiva Filho, de 67 anos. 

O advogado piauiense José Ribamar Rocha Neiva Filho, 67 anos

Segundo informação confirmada pela PRF, o motorista do veículo Renault era o advogado piauiense José Ribamar Rocha Neiva Filho, 67 anos de idade,que residia na cidade Codó.

O advogado José Ribamar Rocha Neiva Filho, mais conhecido como “Neivinha”, de 67 anos, que era proprietário do escritório Neiva Associados e trabalhava na Secretaria de Justiça do Piauí.  Neiva Filho era natural do Ceará, mas foi no Piauí, que construiu sua carreira.

OUTRA TRAGÉDIA NO MESMO TRECHO  

Na tarde de segunda-feira (21), mais um grave acidente aconteceu no km 606 da BR-316, nas próximidades a cidade de Timon, na região dos Cocais, e deixou uma pessoa de Caxias morta.

Por volta das 15h40, um automóvel Toyota/Corolla trafegava sentido decrescente da rodovia BR-316, de Teresina para Caxias, quando o condutor, Wesley Chaves Coutinho, de 28 anos, perdeu o controle do veículo.

O Corolla derrapou e colidiu violentamente na frente de uma carreta bitrem, que trafegava no sentido contrário.  O velocímetro do Corolla travou em 220 km/h. O carro partiu em 15 pedaços.

O motorista chegou a ser socorrido, mas terminou morrendo em um hospital de Teresina/PI. Ele morava em Caxias e era motorista do filho da deputada Cleide Coutinho.(Gilberto Lima)

Dono do Armazém Paraíba será ouvido em processo movido contra ele na Justiça Federal

Empresário João Claudino Fernandes, proprietário do Armazém Paraíba

O juiz da 1ª Vara Federal da Seção Judiciária do Piauí, Francisco Hélio Camelo Ferreira, designou para o dia 14 de junho de 2019, o interrogatório do empresário João Claudino Fernandes, proprietário do Armazém Paraíba. O empresário é acusado em ação penal de invadir terras da União , com intenção de ocupá-las. Na mesma audiência também serão ouvidas as testemunhas de defesa.

Em seu despacho dado na última sexta-feira, 17, o juiz Francisco Hélio Camelo Ferreira também determinou a intimação do senador Elmano Férrer para dizer se poderá ser ouvido na data designada ou se fará uso da prerrogativa conferida pelo art. 221, do Código de Processo Penal, quando deverá informar ao juízo, no prazo de 05(cindo) dias, local, dia e hora em que poderá ser inquirido.

O empresário foi denunciado pelo Ministério Público Federal pelo crime tipificado no art. 20 da Lei nº 4.947 (invadir, com intenção de ocupá-las, terras da União, dos Estados e dos Municípios). A pena prevista para o crime é de detenção de 6(seis) meses a 3(três) anos.

Entenda o caso

Segundo denúncia do Ministério Público Federal, foi instaurado inquérito policial para apurar possível ocorrência dos delitos previstos nos artigos 38 e 60 da Lei 9.605/98, em Teresina, uma vez que ficou constatada a ocupação indevida de área de preservação permanente às margens do Rio Partina, assim como a obstrução de passagem da estrada vicinal que interliga a Avenida Maranhão à favela do Distrito Industrial.

Durante as investigações o setor técnico da Polícia Federal no Piauí produziu laudo que verificou, dentre outros: “(…) que as duas áreas examinadas estão em grande parte inseridas em faixas de terras pertencentes à União, de acordo com os laudos obtidos junto ao Patrimônio da União – GRPU/PI|(…)”.

O MPF apontou que os registros de imóveis apresentados pela defesa do empresário João Claudino durante a fase de inquérito não correspondem ao total de áreas muradas e cercadas, e que a maior parte das áreas irregulares ocupadas é de domínio da União, entendendo que restou configurado o delito do artigo 20 da Leí nº 4.947/66, uma vez que houve a aquisição de áreas públicas com a intenção de ocupá-las.

Costa ainda que a materialidade e autoria estão devidamente comprovadas através da documentação correlacionada nos autos, assim como o depoimento do empresário que atesta que é proprietário do imóvel denominado “Fazenda Curva Saci” e responsável pela construção da cerca e do muro ao redor da propriedade.

Outro lado

Procurada na segunda-feira, 20, a assessoria de comunicação do grupo Claudino não se posicionou sobre a publicação desta matéria. Do site GP1

Agente penitenciário é preso e confessa ter matado professora na UFMA

Marcio Jorge Lago Marques foi preso por suspeita de ter matado professora e jogado o corpo ao lado da TV Universitária, em São Luís

A Polícia Civil, por meio do Departamento de Feminicídio, prendeu na noite desta terça-feira (21) o agente penitenciário Marcio Jorge Lago Marques por suspeita de ter matado a professora Rosiane Costa e jogado o corpo ao lado da TV Universitária,  no Campus do Bacanga da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Segundo a polícia, Marcio estava com um mandado de prisão temporária em aberto e foi encontrado em um bar na Avenida Litorânea. Após ser preso, ele foi levado para a Superintendência de Homicídios.

De acordo com a delegada Viviane Azambuja, Marcos ainda será interrogado oficialmente, mas já confessou o crime. (G1).

Lavrador passa por cirurgia para retirar uma pedra de 1,3 Kg e 18cm da bexiga

O médico afirmou que o paciente relatou que há 10 anos sentia ardência ao urinar e um peso no pé da barriga

Um lavrador de 51 anos passou por uma cirurgia em um hospital de Jacobina, na região norte da Bahia, para a retirada de uma pedra de mais de 1,3 Kg e com 18 cm de comprimento que estava na bexiga.

Segundo o G1, o procedimento ocorreu no Hospital Antônio Teixeira Sobrinho, na segunda-feira (20). O médico que realizou o procedimento, o cirurgião João Cleber Coutiunho, disse que essa é uma das maiores pedras em bexiga já registradas no mundo (veja mais casos ao final da reportagem).

O médico afirmou que o paciente relatou que há 10 anos sentia ardência ao urinar e um peso no pé da barriga, mas somente em janeiro ele procurou saber as causas. Exames identificaram um cálculo de 10 cm na bexiga e o paciente, então, foi encaminhado para Salvador, onde foi alertado sobre a necessidade de realização da cirurgia.

O procedimento cirúrgico durou cerca de 1h e, além do médico João Cleber, outros cinco especialistas participaram da operação. O paciente, que não teve nome divulgado, ainda está internado, mas segundo os médicos, está bem e falando.

O médico explica que as pedras na bexiga geralmente são causadas pela inflamação do órgão. Isso ocorre quando o corpo está desidratado ou a urina está muito concentrada, fazendo com que ela forme cristais na bexiga, que podem acumular ao longo do tempo e criar uma pedra cada vez maior.

OUTROS CASOS

Em 2017, um americano de 64 anos teve uma pedra de 12 cm removida de sua bexiga. A pedra, de 770 gramas, foi comparada a um ovo de avestruz.

Em 2012, um paciente de 43 anos que vinha se queixando de dores urinárias teve uma pedra de 1,025 kg retirada da bexiga em Wuhan, na província de Hubei, na China.

A equipe médica ficou surpresa quando descobriu a massa em um raio-X realizado no paciente de 43 anos, que vinha se queixando de dores urinárias.

Três anos antes, em 2009, médicos retiraram uma pedra de 2,4 quilos de uma mulher de 40 anos também China.

VEJA EM VÍDEOS: Corolla que bateu na carreta em Timon partiu em 15 pedaços

O Corolla envolvido no acidente ocorrido na tarde de ontem (20) na BR 316, nas imediações do povoado Barroca Funda, em Timon, partiu em 15 pedaços. O carro se dirigia para Caxias, saiu do controle do motorista, bateu numa carreta e ficou totalmente destruído. O choque foi tão forte que a carreta bitrem ainda tombou no acostamento.

O motorista do Corolla envolvido no acidente foi identificado como Wesley Chaves, de 28 anos. Ele  trabalhava para o grupo Coutinho, como motorista do filho da deputada estadual Cleide Coutinho, de Caxias

O mais impressionante no acidente que deixou o Corolla destruído em dezenas de pequenos pedaços, é que o motorista ainda foi socorrido com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na UPA de Timon.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) acredita que o excesso de velocidade do Corolla pode ter provocado o acidente. Segundo informações da PRF, o Corolla trafegava a 220km/h.

Confira os vídeos: 

VEJA VÍDEO! Bandidos assaltam funcionária da Prefeitura de Codó

Um vídeo gravado por uma câmera instalada em um estabelecimento comercial gravou o exato momento em que uma mulher é assaltada por dois criminosos na rua Henrique Figueiredo, bairro São Benedito, em Codó.

O crime aconteceu na segunda-feira (20), por volta das 14h. A vítima foi identificada apenas como Andreia, funcionária da Prefeitura de Codó. Ela está a indo para o trabalho quando foi assaltada.

Os bandidos usaram uma faca para cometer o crime e levaram uma bolsa com documentos e celular da vítima. Eles fugiram e ainda não foram identificados pela polícia de Codó.

Confira o vídeo: 

Corolla bate a 220km/h em carreta e mata motorista do filho da deputada Cleide Coutinho, em Timon

O motorista de um veículo Corolla perdeu controle do veículo e colidiu transversalmente em uma carreta bitrem.

Equipes da PRF, do SAMU e dos Bombeiros participaram do atendimento de um grave acidente ocorrido na tarde de segunda-feira (20), no km 606,4 da BR-316, próximo a cidade de Timon, Maranhão.Uma pessoa foi socorrida pelo Samu, mas morreu em Teresina/PI.

Por volta das 15h40, um automóvel Toyota/Corolla trafegava sentido decrescente da rodovia BR-316, de Teresina para Caxias/MA, quando o condutor perdeu o controle do veículo, derrapou e colidiu violentamente a lateral do Corolla na frente de uma carreta bitrem, que trafegava no sentido contrário.  O velocímetro do Corolla travou em 220 km/h.

A vítima foi levada para um hospital na capital piauiense, mas não resistiu a gravidade dos ferimentos. Ele havia se deslocado a Teresina para buscar o veículo que estaria em uma revisão. A carreta saiu da pista e tombou após a colisão. Ela transportava grandes rolos de papel.

Um usuário da BR informou a um dos policiais que o Corolla poderia ter sido tocado por um outro veículo, o que teria provocado a perda de controle do passeio. O condutor da carreta, por outro lado, não viu nenhum outro veículo se envolver no acidente.

Pista bloqueada

Os policiais fecharam a rodovia por mais de uma hora para retirada de pedaços dos veículos e limpeza do local. A vítima morava em Caxias e havia se deslocado a Teresina para buscar o veículo que estaria em uma revisão.

Wesley Chaves Coutinho, de 28 anos, de Caxias, motorista do filho da deputada Cleide

O Corolla, de acordo com declarações de um dos policiais rodoviários federais, se quebrou em mais de quinze pedaços. A rodovia foi liberada para a circulação de veículos às 18h10.

O Instituto Médico Legal também foi acionado e esteve no local. O nome da vítima foi divulgado  pela PRF na manhã desta terça-feira (21). Trata-se de Wesley Chaves Coutinho, de 28 anos, de Caxias, motorista do filho da deputada estadual Cleide Coutinho. Fonte: PRF

Veja em vídeo: 

Com forte musculatura política e partidária, pré-candidatura de Osmar Filho à prefeitura tende a decolar

O jovem parlamentar, que está no seu terceiro mandato, tendo sido o mais votado no pleito de 2016, quando obteve quase dez mil votos, reúne todas as condições políticas e partidárias para crescer consideravelmente e firmar-se como o principal concorrente do campo governista ao Palácio La Ravardiére.

Pesquisa qualitativa realizada recentemente mostrou que Osmar Filho figura, hoje, entre os três pré-candidatos mais bem avaliados perante o eleitorado ludovicense.

Além disso, o pedetista possui rejeição quase zero, o que favorece um crescimento eleitoral vertiginoso, caso a estratégia adotada para tal fim seja a correta. Mas Osmar Filho possui atributos que alguns dos pré-candidatos também bem posicionados não detém – pelo menos por enquanto.

O vereador conta com o apoio da maioria dos seus companheiros de Câmara. Vários deles, inclusive, já declararam publicamente que já estão engajados no projeto “Osmar Prefeito” e estão levando o pedetista em suas bases e o apresentando como seu pré-candidato.

Os vereadores são os políticos que estão na base, dialogando permanentemente com a população, ouvindo suas reivindicações e trabalhando para resolvê-las. Portanto, seus apoios refletem diretamente na preferência do cidadão.
Este grupo de parlamentares, segundo informações obtidas pelo Blog, irá crescer. Até o final do ano, de acordo com o que foi apurado, eles pretendem lançar oficialmente a pré-candidatura de Osmar Filho em um ato que deverá repercutir sobremaneira.

Paralelo a isso, o vereador tem o apoio incondicional da militância aguerrida do PDT e de figuras ilustres e com forte potencial de votos no Senado e Câmara Federal.

O governador Flávio Dino, que afirmou que não irá pedir voto para nenhum dos pré-candidatos governistas no primeiro turno da eleição, nutre por Osmar amizade pessoal e carinho, além de confiança política.

Osmar Filho, neste momento, trabalha politicamente nos bastidores. No entanto, sua presença nas comunidades, o corpo a corpo diário, só aumentam.

E a tendência é que a pré-candidatura do jovem parlamentar só cresça e se solidifique cada vez mais