Homem de Santa Inês e flagrado em Caxias com caminhão carregado de cimento roubado, em Miranda

Durante uma operação realizada no Bairro Fumo Verde, em Caxias (MA), a equipe da Força Tática da Polícia Militar, realizou a apreensão de um caminhão Mercedes de placa OJD 5090 carregado de cimento que foi roubado na cidade de Miranda (MA).

O veículo estava sendo conduzido por um homem identificado como Clemilton Almada Costa, de 37 anos, natural de Santa Inês (MA).

A Policia Militar constatou ainda, que o suspeito fazia parte de uma quadrilha especializada em roubo de cargas, que atuava em Miranda e cidades vizinhas da região.

O conduzido, bem como o caminhão apreendido, foram entregues na Delegacia Regional de Polícia Civil de Caxias, para os procedimentos legais. (Com informações da Polícia Militar)

Ambulância da prefeitura atropela e mata menina de dois anos, em Bom Jardim

Maria Cecília da Silva, de apenas dois anos e oito meses, foi atropelada e morta no início da noite de sábado (20) em Bom Jardim.

Uma criança identificada como Maria Cecília da Silva, de apenas dois anos e oito meses, foi atropelada e morta no início da noite de sábado (20) no município de Bom Jardim, a 275 km de São Luís.

Segundo a família, tudo começou quando o pai da criança, que não teve a sua identidade revelada, se envolveu em uma briga com o padrasto dele. Ele acabou saindo ferido e foi levado para um posto de Saúde, onde funciona provisoriamente o Hospital Municipal de Bom Jardim, já que o hospital está em reforma.

No hospital, de acordo com a família, os profissionais de saúde que estavam de plantão se recusaram a atendê-lo alegando que ele estava sujo e com mau cheiro, e afirmaram que ele deveria voltar para casa para tomar banho.

A família diz que ele voltou para casa em uma ambulância para tomar o banho e voltar para o posto de Saúde para ser atendido. Na entrada da rua onde o pai da criança mora a ambulância não conseguiu entrar porque estava cheia de buracos e por conta disso todos desceram da ambulância e o motorista que dirigia a ambulância não viu a criança e acabou atropelando-a e matando-a.

FATALIDADE 

Ainda conforme a família da criança morta, o motorista da ambulância em vez de prestar socorro fugiu do local, deixando a criança e a família dela no local do acidente. No prontuário divulgado pela prefeitura, há o histórico do atendimento ao paciente no hospital, como data de entrada e saída do paciente e a medicação aplicada

A Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Bom Jardim tratou esse caso como uma fatalidade e lamenta o ocorrido, diz que se solidariza com a família da vítima e que está à disposição da Justiça, e demais autoridades para colaborar na apuração do caso. Disse ainda que não procede a falta de atendimento ao paciente no hospital.

“Sobre o caso anterior ao acidente, a prefeitura informa que não é verdade a afirmação que não houve atendimento por “mau cheiro”, ressaltamos que os profissionais de saúde realizaram todo o procedimento necessário ao paciente, conforme prontuário. A prefeitura colabora com as autoridades sobre informações sobre o caso “, disse em nota.

Com informações do G1

PRF registra dois graves acidentes com morto e ferido na BR- 01O e na BR- 135

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que uma pessoa morreu e outra ficou gravemente ferida em dois acidentes registrados no sábado (20), nas BR’s 010 e 135, em Ribamar Fiquene, no Sudoeste do Maranhão, e na região mertoplitana de São Luís.

De acordo com a PRF, durante a noite, por volta das 20h, uma Toyota Hilux, de cor prata bateu na traseira de uma motocicleta Honda Titan, de cor preta, no Km 212 da BR-010 em Ribamar Fiquene, no sentido decrestente da rodovia, entre Imperatriz e Porto Franco.

O condutor da motocicleta, Francisco Alencar Garcias, de 37 anos, foi arremessado 50 metros de distância. Já a motocicleta foi arrastada pela caminhonete por 200 metros e parou no acostamento.

Francisco era vendedor de peixe, natural de São João dos Patos, e acabou morrendo após o acidente. O condutor da caminhonete se evadiu do local e não se apresentou à PRF, que apreendeu seu veículo.

COLISÃO FRONTAL NA BR-135

O acidente na BR-135 aconteceu durante a tarde de sábado (20). Um veículo de passeio, Renault Sandero, invadiu a contramão e bateu de frente com uma carreta no município de Bacabeira, na localidade Vila Cearense, na região metropolitana de São Luís.

O condutor do veículo de passeio Sandero teve múltiplas lesões. Ele foi socorrido e levado para o hospital Socorrão I, em São Luís. O condutor da carreta não se feriu. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), na região do acidente é proibida a ultrapassagem. (Fonte: PRF)

Lojistas já começaram a destruir a Rua Grande antes da inauguração das obras

A denúncia é do presidente do Instituto Municipal da Paisagem Urbano (Impur), Fábio Henrique Carvalho.

Vandalismo no Centro de São Luís é uma coisa antiga. Nessa madrugada, caminhões que abastecem as lojas da Rua Grande, simplesmente arrancaram os balizadores para poderem passar.

Por incrível que pareça, quem é mais difícil de lidar na rua grande são justamente uma parte dos lojistas. Não são camelôs, não são as pessoas do dia a dia, mas são alguns dos lojistas que cometem os maiores desatinos.

Os lojistas deixam o lixo espalhado pela na rua grande toda noite, entram com caminhões grandes para abastecerem suas lojas nas madrugadas e fazem muito barulho colocando caixa de som na porta das suas lojas, dentre outros graves problemas.

É necessário que o CDL – Câmara dos Dirigentes Lojistas” faça uma reunião com seus associados e ao invés de reclamar o dia todo, passem a controlar o ímpeto de degradar e infringir a Lei que parte dos seus associados cometem. (Com informações do Gilberto Leda)

ASSISTA!!! Vestida de Maranhão, cantora Alcione cobra respeito de Bolsonaro para com o Nordeste

Alcione fez pronunciamento vestida com cores da bandeira do Maranhão

A cantora maranhense Alcione criticou neste sábado, no Instagram, a fala de Jair Bolsonaro (PSL) na qual se refere aos gestores dos estados nordestinos como “governadores de Paraíba” e ataca diretamente o maranhense Flávio Dino (PCdoB).

“Presidente Bolsonaro, eu não votei no senhor e não me arrependo”, diz ela, salientando que não torce contra o governo. “Eu sei que se torcer contra, estou torcendo contra o meu país”.

Ela prossegue: “Agora meu pai sempre me dizia, que meu avó já dizia para ele: ‘Quem quer respeito se dá’. E o senhor não está se dando respeito. O senhor precisa respeitar o povo nordestino. Respeite o Maranhão”.

Ela ainda faz menção ao atentado do qual o presidente foi vítima durante a campanha. “O senhor tem medo de facada, tem medo de tiro, mas o senhor precisa ter medo do pensamento. O pensamento é uma força. Pense em mais de 30 milhões de nordestinos pensando contra o senhor? Comece a nos respeitar. Respeite o povo brasileiro”. (Elias Lacerda)

VÍDEO! Colisão entre carreta e ônibus deixa feridos na BR-316, em Caxias

A Polícia Rodoviária Federal informou que duas pessoas ficaram feridas em um acidente na BR-316, próximo à sede da PRF no município de Caxias, localizado no interior do Maranhão, na manhã deste sábado (20). A batida envolveu um ônibus e uma carreta.

Segundo a PRF, o motorista do ônibus se feriu após um dos pés ficar preso nas ferragens e um passageiro estava sangrando pelo nariz, depois de supostamente ter batido a cabeça em uma poltrona.

O motorista da carreta não soube explicar o que de fato aconteceu. Ele relatou rapidamente que transitava em baixa velocidade quando foi atingido violentamente pelo ônibus.

Confira o vídeo:

Brasileiro é condenado à prisão perpétua no Reino Unido por matar ex-companheira

Ricardo Godinho esfaqueou Aliny Mendes na frente da filha de 3 anos do casal.

O brasileiro Ricardo Godinho, de 41 anos, foi condenado à prisão perpétua pela Justiça do Reino Unido por ter matado a facadas a ex-companheira, a brasileira Aliny Mendes, de 39, na frente de uma filha deles, em Surrey, na Inglaterra, em fevereiro.

Segundo informações da imprensa britânica, Godinho foi considerado culpado pelo homicídio e pela posse de um artefato cortante. A sentença foi proferida nesta quinta-feira, 18, após duas semanas e meia de julgamento. O brasileiro deve permanecer no mínimo 27 anos na cadeia. Depois desse período, a pena poderá ser revista.

O crime aconteceu no dia 8 de fevereiro, quando acompanhada da filha de 3 anos Aliny descia de um ônibus para buscar as outras crianças na escola. De carro, Godinho seguiu o coletivo e atacou a ex-mulher. Ele fugiu sem prestar socorro.

A polícia iniciou a perseguição ao brasileiro após um colega dele ter ligado para a polícia para denunciar que Godinho havia confessado o assassinato. Ele foi detido uma hora e meia depois. Uma faca encontrada no local do crime foi apontada como causadora dos ferimentos que mataram Aliny.

Ainda de acordo com a imprensa britânica, Godinho e Aliny foram casados, mas se separaram em dezembro. Segundo a polícia, o brasileiro passou a ameaçá-la desde então. Aliny era mãe de quatro filhos, todos eles com menos de 12 anos. As crianças estão sob custódia do governo britânico.

Ao condenar o homem, o juiz Thornton lembrou que o crime foi cometido na frente de uma das filhas do casal e ressaltou a forma como o crime foi cometido. “Quando ela começou a cair no chão você continuou a esfaqueá-la”, disse. “Você deixou sua filha vendo sua mãe morrer … nenhuma criança deveria ter que ver o que sua filha de três anos viu naquele dia”, completou.

Prefeitura de Paço do Lumiar anuncia anulação do último concurso público

Concurso visava preencher 557 vagas, sendo 242 para cargos em nível superior, 191 em nível médio e 124 no nível fundamental. O maior salário oferecido era de R$ 7.118,77 para o cargo de Procurador do Município.

A Prefeitura de Paço do Lumiar anunciou nesta sexta-feira (19) que não vai homologar e decidiu anular o último concurso do Município que visava preencher 557 vagas, sendo 242 para cargos em nível superior, 191 em nível médio e 124 no nível fundamental. O maior salário oferecido era de R$ 7.118,77 para o cargo de Procurador do Município.

As provas foram aplicadas pelo Instituto Machado de Assis e realizadas no dia 10 de março (nível fundamental e médio) e 24 de fevereiro (nível superior). Após o resultado, mais de 100 questões chegaram a ser anuladas. A média entre o número de questões anuladas para cada prova oferecida foi de 2,12.

De acordo com a prefeitura, no dia da realização das provas, dois candidatos foram presos em flagrante no colégio Pitágoras com celulares contendo o gabarito das provas. Eles teriam confessado a autoria dos delitos e apontaram uma terceira pessoa, da cidade Porção de Pedras, como o responsável de ter enviado as respostas do certame para vários outros candidatos.

Ainda segundo a Prefeitura de Paço do Lumiar, cinco candidatos foram identificados pela polícia e também confessaram o recebimento dos gabaritos e foram aprovados no concurso.

“Além da comprovação do vazamento de gabaritos, há também um número expressivo de integrantes de algumas famílias de Paço do Lumiar aprovados em várias áreas, fato este que indica mais indícios de fraudes. Tudo está sendo investigado pelo Ministério Público e pela Polícia Civil do Maranhão”, diz o comunicado.

Por fim, a prefeitura disse que lamenta o ocorrido e informou que outro concurso será realizado, estando todos os candidatos automaticamente inscritos, sem qualquer despesa adicional. (G1MA)

Menina de 5 anos fiha de servidora do Tribunal morre em acidente no Ceará

A vítima Thaise Souza Luz, era filha de Alysson André Silva Luz e Thaise Sousa, que é funcionária da Assecom do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão.

Uma menina, de 5 anos, morreu após um grave acidente no município de Itarema, litoral do Ceará, a 210 Km de Fortaleza.  A família da criança é maranhense e iniciava viagem de carro pelo Nordeste, no período de Férias.

A criança identificada como Geovanna Thaise Souza Luz, era filha de Alysson André Silva Luz e Thaise Sousa, que é funcionária do Tribunal de Justiça do Estado do  Maranhão.

O acidente ocorreu na tarde desta quinta-feira(18).  A família se dirigia para Fortaleza, quando um condutor decidiu realizar uma ultrapassagem em local proibido, se chocando de frente com o veículo da família.

Com o impacto, Giovanna foi jogada pra fora do carro, já seus pais, tiveram apenas leves escoriações. No início da noite de quinta-feira (18) o presidente do Tribunal de Justiça José Joaquim, emitiu a seguinte nota:

O Presidente do Egrégio Tribunal de Justiça do Maranhão, Desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, em nome dos demais desembargadores membros da Corte e da Família Judiciária Maranhense, vem externar profundo pesar pela perda de Geovanna Thaíse Souza Luz, filha da servidora do Tribunal de Justiça do Maranhão, Thaíse Adriana Martins Souza Luz, lotada na Assessoria de Comunicação do TJMA.

O Desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos presta condolências, expressando os mais sinceros pêsames pelo falecimento de Geovanna Thaíse Souza Luz, solidarizando-se com seus pais e familiares, desejando conforto e serenidade em momento tão difícil de imensurável perda.

Desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos
Presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão

Com informações do Central de Notícias

Goleiro Bruno consegue progressão ao semiaberto após decisão da Justiça de Varginha

Ex-goleiro Bruno

O goleiro Bruno Fernandes obteve nesta quinta-feira (18) o direito à progressão ao regime semiaberto. A decisão foi tomada no início da noite pelo juiz Tarciso Moreira de Souza, da 1ª Vara Criminal e de Execuções Penais da comarca da cidade.

Na decisão, o juiz analisou o acórdão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) que excluiu a falta grave que havia sido imputada a Bruno após o detento ter sido flagrado na companhia de mulheres   e usando celular em horário que deveria estar exercendo trabalho externo.

G1 teve acesso à decisão na qual o juiz considerou que, com a exclusão da falta, Bruno “satisfaz as exigências subjetivas e objetivas para a concessão da progressão de regime para o semiaberto”, e que “já cumpriu o lapso temporal necessário da pena imposta no regime fechado”.

No documento, o juiz considera ainda que “a presunção é de que o reeducando já se encontra apto à reinserção à vida social, o que foi observado pelo atestado de conduta carcerária”.

Com a decisão, Bruno agora deve passar por uma audiência de instrução “para fixação das condições”. As autoridades locais também devem ser comunicadas e orientadas a fim de que o réu possa, assim, ter cumprido o alvará de soltura.

Procurada pelo G1, a advogada Mariana Migliorini, que representa Bruno, afirmou que somente irá se manifestar quando seu cliente estiver “na rua” (sic).

Falta grave de Bruno foi excluída

Falta anulada

No acórdão, o relator, o desembargador Doorgal Borges de Andrada, entende que a falta grave, que havia sido caracterizada pelo uso de celular, não deveria ser válida. O voto do relator foi seguido pelos desembargadores Corrêa Camargo e Eduardo Brum.

De acordo com o relator,  “após detida análise do feito”, ”a conduta do reeducando não pode ser considerada como falta grave”. Andrada entendeu que a direção da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac), onde Bruno trabalhava, tinha ciência e autorizou os atos dele.

Ainda segundo o desembargador, o fato dele ter marcado encontro nas dependências da Associação Canaã, “com pessoas que não guardam relação com o local em que prestava trabalho externo” e até ter falado estar em posse do telefone, podendo ser contatado a qualquer momento, “embora demonstrem certo grau de irresponsabilidade no cumprimento da pena, não se revestem de gravidade capaz de configurar falta grave”.

Com a progressão, Bruno deve seguir as seguintes regras:

  • Manter endereço atualizado perante o Juízo.
  • Comparecer em Juízo até o dia 10 de cada mês para atualizar endereço e prestar contas de suas atividades.
  • Demonstrar em juízo, no prazo de 30 dias, que se encontra trabalhando, com cópia da carta de emprego, ou CTPS, ou outro documento hábil, ou justificar a impossibilidade.
  • Em caso da não comprovação de trabalho, deverá prestar serviço em obra, ou instituição pública ou entidade conveniada com o Juízo da Execução, pelo menos a razão de 1 hora por dia ou 7 horas semanais.
  • Recolher-se em domicílio a partir das 20:00 horas até as 06:00 horas da manhã seguinte, bem como recolher-se no domicílio aos domingos e feriados.
  • Sujeitar-se à fiscalização por parte da Polícia Militar e Agentes Penitenciários, em visita domiciliar e eventualmente no local de trabalho.
  • Não se envolver, em qualquer hipótese, em ilícito penal, muito menos frequentar bares, boates ou lugares criminógenos.
  • Comparecer em até 30 dias no juízo da execução penal de seu domicílio para informar seu endereço atualizado.
  • Proibição de ausentar-se da comarca sem prévia autorização do Juízo.

Eliza Samúdio e o ex-goleiro Bruno