“Diálogo com Othelino” traz panorama geral sobre as discussões políticas no cenário local e nacional

Na terceira edição do podcast “Diálogo com Othelino”, o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), fez um panorama geral sobre as discussões políticas no cenário local e nacional. Entre os temas abordados estão a recente aprovação, pelo Congresso Nacional, da Lei de Abuso de Autoridade, a questão ambiental no Brasil e a diminuição da taxa de desocupados no Maranhão. Othelino também comentou a declaração do presidente da República, Jair Bolsonaro, direcionada a opositores políticos em visita ao Nordeste.

“Eu acho que toda autoridade, seja ela do Poder Judiciário, Legislativo ou Executivo, ou de outros órgãos autônomos, tem que estar submetida a limites. Tenho certeza que os membros do nosso Congresso Nacional, quando decidiram aprovar a Lei de Abuso de Autoridade, não foi com o objetivo de limitar a atuação, principalmente, dos órgãos de controle. No Brasil, já se tem uma convivência democrática entre as instituições, respeitando as atribuições de cada um”, afirmou Othelino Neto, ressaltando que, quando alguém excede nas suas prerrogativas, acaba provocando um desequilíbrio no regime democrático, o que não é nada bom para o Brasil.

O presidente da Alema também comentou os números da pesquisa que aponta um aumento de 66% na área desmatada da Amazônia, no mês de julho, em relação ao mesmo período do ano passado, e a perda de investimentos internacionais, a exemplo da Alemanha e Noruega, direcionados à proteção ambiental da região. Segundo o parlamentar, infelizmente, o governo federal está promovendo retrocessos graves na área ambiental.

“Claro que a vasta parte da Amazônia que está dentro do Brasil é um patrimônio nosso, mas pela sua importância no equilíbrio ambiental do planeta, outros países, historicamente, estão investindo recursos para fortalecer a sua preservação e evitar que haja o que aconteceu este ano, em relação ao ano passado, que é a elevação do índice de desmatamento e, pior ainda, o descontrole no que diz respeito ao desmatamento ilegal”, frisou Othelino.

Declarações de Bolsonaro

Na terceira edição do podcast, Othelino voltou a comentar ataques do presidente Jair Bolsonaro àqueles que lhe fazem oposição. Ao discursar em Parnaíba, no Piauí, na última quarta-feira (14), o presidente da República referiu-se aos comunistas como “cocô do Brasil”, pontuando, ainda, que a sua intenção “é acabar com todos”.

“O presidente Bolsonaro tem muita dificuldade de conviver com as diferenças. Para ele, quem lhe faz oposição não presta e lhes atribui os adjetivos mais chulos possíveis. Nós, militantes políticos, continuaremos tendo uma relação de respeito para com o governo federal, afinal de contas, nós respeitamos a vontade da maioria da sociedade brasileira, mas continuaremos fazendo oposição àquilo que consideramos ser prejudicial para o Brasil e para o Nordeste”, frisou Othelino Neto.

“Torço para que o presidente repense determinados conceitos, que ele seja um instrumento de construção da pacificação nacional, e não que a cada pronunciamento agrida o povo brasileiro e aqueles que não concordam com aquilo que faz e diz”, completou.

Empregos no Maranhão e homenagem

O presidente Othelino falou, ainda, sobre a reação positiva do Maranhão diante do atual cenário de retração econômica, com a diminuição do número de desempregados em relação aos outros estados da federação. Ele atribuiu essa posição de destaque à intervenção do Estado, que vem promovendo esforços para que haja uma movimentação maior da economia e, consequentemente, um aumento na oferta de empregos.

Othelino finalizou o podcast destacando a recente homenagem da Assembleia Legislativa ao juiz federal Roberto Veloso, condecorado com a Medalha Manuel Beckman, maior honraria concedida pelo Legislativo maranhense. “A concessão da Medalha Manuel Beckman ao juiz federal Roberto Veloso é mais até do que uma homenagem ao próprio juiz. É uma homenagem à atuação do Poder Judiciário, como um dos pilares do Estado Democrático de Direito”, disse.

O programa pode ser ouvido a qualquer hora e lugar – no computador, smartphone ou em outro aparelho com conexão à internet. Para ouvir, é necessário baixar o aplicativo Spotify ou o Soundcloud. Depois, basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. O programa também estará disponível nas redes sociais do presidente (Youtube, Instagram, Facebook e Twitter).

Assista ao vídeo:

Deputado Antônio Pereira participa da entrega de benefícios para a população de Satubinha

Resultado de imagem para carlos brandão obras satubinha

O deputado Antônio Pereira (DEM) participou, na sexta-feira (16), em Satubinha, ao lado do vice-governador Carlos Brandão e da prefeita Dulce Maciel (Dulcinha), da inauguração da nova sede do Restaurante Popular, do Centro de Referência e Assistência Social (Cras) e do sistema de abastecimento de água do próspero município.  

Na ocasião, o deputado Antônio Pereira disse que foi uma satisfação participar da inauguração das importantes obras em Satubinha, ao lado da prefeita Dulce, que, a cada dia, desenvolve mais ações e parcerias para melhor atender a sua população.

A prefeita Dulcinha agradeceu ao governador Flávio Dino e a Antônio Pereira pelas obras. “Não temos como expressar essa gratidão. São obras importantes, que o município necessitava e que vão contribuir para melhorar a vida da nossa população”, afirmou.

Alimento, assistência e água 

O Restaurante Popular servirá 200 refeições, de segunda a sexta-feira, das 11h às 14h, por R$ 2,00. A proposta é oferecer uma alimentação balanceada, nutritiva e saudável à população em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar.

O Cras vai atender pessoas com deficiência, idosos, crianças retiradas do trabalho infantil, quem está inserido no Cadastro Único (CadÚnico), beneficiários do programa Bolsa Família e do Benefício de Prestação Continuada (BPC), além de pessoas desprotegidas.

Resultado de imagem para carlos brandão obras satubinha

Foram entregues, ainda, dois poços do Sistema Simplificado de Abastecimento de Água, beneficiando cerca de 30 famílias nos povoados Timorante e Bacuri Ferrado. O sistema é composto de poço artesiano, reservatório de água com estrutura de concreto.

Fonte: Assecom / Deputado Antônio Pereira

O ocaso de José Sarney – o cotidiano do homem que já foi o mais influente do país em seis décadas

NA GAMELEIRA Essa árvore plantada no Palácio do Alvorada era um dos cenários preferidos para o fotógrafo Orlando Brito retratar o então presidente Sarney. A primeira imagem foi no auge do Plano Cruzado (em 1986) e a segunda a 3 dias de deixar o mandato (em 1990) (Crédito: Orlando Brito/ObritoNews)

Ele foi o político mais influente do Brasil nas últimas seis décadas. Já foi deputado, governador, presidente da República, senador e presidente do Senado por três vezes. Mas, nos últimos meses, a voz começou a ficar embargada, a mente já não flui como antigamente e os políticos, que faziam romaria à sua casa para aconselhamentos, desapareceram. Hoje, aos 89 anos, o ex-presidente José Sarney vive no ostracismo e confessa: “O que me mantém vivo é escrever”. O ex-presidente aproveita o tempo ocioso em sua mansão na Península dos Ministros – a área mais nobre de Brasília, onde estão instaladas embaixadas, residências de ministros, do presidente da Câmara e do Senado, entre outras – , avaliada em R$ 4 milhões, para escrever sua biografia, que já está com 800 páginas, mas que ele ainda nem sabe se vai publicar. Paralelamente, escreve textos para atualizar a segunda edição de “José Sarney, Bibliografia e Fortuna Crítica”, com 400 páginas, traduzidas para 12 idiomas. “Agora, eu só trato de livros”, diz o ex-presidente, que se orgulha também de ter lançado, em 2018, o “Galope à Beira-Mar”, no qual conta “causos” de sua infância em Pinheiro, interior do Maranhão, onde nasceu como José Ribamar Ferreira de Araújo Costa.


“Não sou velhaco”

Como só dorme em torno de quatro horas por noite, Sarney começa a dedilhar no computador por volta das 22h e depois lê até adormecer. Mais do que os cargos públicos que ocupou na mais longeva carreira política da história do País, Sarney diz se orgulhar dos livros que escreveu, como “Norte das Águas” e “Marimbondos de Fogo”, que o levaram à Academia Brasileira de Letras (ABL). Ele também enaltece o “Saraminda”, que foi elogiado até por Claude Lévi-Strauss, descrevendo-o como “um belo livro” que o encantou.“Se eu tivesse de pedir a Deus, antes de nascer, se queria ser político ou escritor, sem dúvida escolheria a segunda opção. Tive mais alegria de ir para a ABL do que ocupar a presidência da República”, diz o ex-presidente.

O decano reconhece, porém, que deixou um grande legado para a política brasileira e não apenas para a literatura. Apesar de todos só lembrarem que no período em que foi presidente (1985-1990), o País viveu uma hiperinflação de 200% ao ano, foi no seu governo que consolidou-se a Constituinte. “Fiz a Constituição. Então, como é que eu sou a velha política? Repetindo o doutor Ulysses Guimarães: eu sou velho, mas não sou velhaco”, disse Sarney, que hoje vive confinado em sua casa em Brasília ou em São Luis, onde acabar de passar três meses. O antigo motorista de Sarney em Brasília, Antonio Martins, revela que o político vai para o Maranhão quando faz frio na capital federal, como aconteceu agora no inverno. “Dona Marly, sua esposa, que já está com 86 anos, não passa bem com o frio e aí eles se mudam para São Luis. Quando passa o frio aqui, eles voltam. O presidente retornou a Brasília neste sábado (9)”, explica à ISTOÉ.

Dona Marly, “mulher da vida toda”, é outra razão de viver de Sarney. Com saúde frágil, a ex-primeira-dama caiu e fraturou uma perna no ano passado. Fez uma delicada cirurgia, mas ainda tem dificuldades para andar. Assim, Sarney dedica boa parte do tempo a cuidar da esposa. Afinal, vivendo com aposentadorias de ex-presidente e ex-governador do Maranhão no valor de R$ 90 mil, Sarney é cercado por funcionários e de luxo. Até hoje alimenta o hábito de mandar comprar as frutas prediletas no Mercadão de São Paulo, que são despachadas para o Distrito Federal por meio das companhias aéreas. Apesar de manter um escritório em um dos maiores shoppings de Brasília, raramente Sarney o freqüenta. Afinal, cada vez ele se dedica menos à política e aos negócios do qual é proprietário no Maranhão, incluindo fazendas e veículos de comunicação, como jornal, rádios e emissora de televisão.

Na verdade, a velha raposa nunca quis saber do desempenho das empresas, que são administradas integralmente pelo filho Fernando Sarney e pela nora Tereza. Os outros dois filhos, Roseana e Zequinha, seguiram o pai e nunca se interessaram pela administração empresarial, preferindo seguir a carreira política. Roseana já foi governadora e senadora, mas não conseguiu novo mandato de governadora do Maranhão na eleição do ano passado, enquanto Zequinha, que foi até ministro, não se reelegeu deputado. Ambos, assim como o pai, vivem em viés de baixa na política.

O imortal

Quando lhe perguntam se sente-se velho e aposentado da política, ele responde sem pestanejar que “não”, embora não esconda que não tem mais ânimo para se dedicar ao dia a dia da vida partidária, já que ainda é o presidente de honra do MDB. Ele prefere dizer que põe em prática a receita de um dos grandes escritores que ele mais admira, Gabriel Garcia Márquez: refletir sobre o ocaso do tempo. Como bom hipocondríaco que é, contudo, Sarney se recusa a falar das dores que lhe acometem e nunca profere a palavra morte. Ele deseja cultuar a imortalidade que adquiriu com uma cadeira na ABL.

Da revista Isto é

Dutra volta para a UTI do Hospital São Domingos e passará por nova cirurgia

Internado desde o último dia 23 no Hospital São Domingos após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC), o prefeito licenciado de Paço do Lumiar, Domingos  Dutra, voltou a UTI. Segundo informações, a equipe médica diagnosticou uma pressão sobre o cérebro, complicação que vinha causando sonolência no político. 

O diagnóstico foi dado na sexta-feira (16) após novas ressonâncias. Uma cirurgia para colocação de uma placa de titanium para substituir parte do crânio que foi removida deverá ocorrer logo que o estado de saúde de Dutra estiver mais estável. 

A transferência do político para um apartamento do hospital foi algo recebido com um pouco de estranheza por alguns familiares, já que dois dias antes um dos médicos que cuida do político havia dito que ele seria levado primeiro para um leito de tratamento semi intensivo. 

Outro médico teria revelado que Dutra saiu da UTI com parecer para tratamento em regime de “home care”, ou seja, em casa. Porém, a piora no estado de saúde mostra que ele ainda não estaria pronto para receber tratamento domiciliar. 

A nova cirurgia de Dutra deve ocorrer até a manhã deste domingo (17), dependendo de seu estado clínico.

Flhos de Dutra desmentem Núbia e falam do estado de saúde do pai 

Em entrevista concedida ao programa Ponto Continuando, da Mais FM de São Luís, na noite de quinta-feira, 15, Nathalia Dutra e Daniel Dutra, dois dos filhos do prefeito licenciado de Paço do Lumiar, Domingos Dutra, revelaram o real estado de saúde do pai, e acusaram a madrasta, Núbia Dutra, de mentir e usá-lo para tentar voltar ao poder.

Os principais trechos da entrevista você confere no vídeo abaixo:

Com informações do Jeisael Max

Osmar Filho anuncia recursos para custeio do Hospital Aldenora Bello

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), esteve nesta quinta-feira (15) visitando o Hospital Aldenora Belo e à Fundação Antônio Jorge Dino, onde acompanhou o senador Weverton (PDT), que foi ver de perto os equipamentos que foram adquiridos com recursos de emendas de sua autoria.

Na oportunidade o vereador pedetista também anunciou recursos municipais, no valor de R$ 150 mil – fruto de emenda parlamentar de sua autoria – para o custeio da unidade de saúde.

“Nós sabemos dos relevantes serviços que esta importante unidade hospitalar presta, não só em nível de São Luís, mas em todo o estado, sendo referência para todo o país, atendendo inclusive pessoas de outros estados”, destacou Osmar.

Em março deste ano, Osmar Filho esteve conhecendo a Fundação e o Hospital junto com os vereadores Ricardo Diniz (PRTB), Concita Pinto (Patriotas), Chaguinhas (PP) e Genival Alves (PRTB), quando se comprometeu a contribuir para a causa que atende pacientes com câncer e defendeu a importância da interlocução entre os Poderes, para que cada um, dentro da sua função e atribuição, possa contribuir para o avanço da saúde pública dentro de São Luís e no Maranhão.

Ao lado da presidente da Fundação, Enide Moreira Lima, o vice-presidente Antônio Dino Tavares falou que estas parcerias são de extrema importância para a continuidade dos serviços oferecido pelo Hospital, que é referência no tratamento do câncer. “Todas as vezes que a Fundação estabeleceu parcerias com o poder público, foram registrados saltos qualitativos no tratamento dos pacientes. A gente acredita que a classe política está engajada, reconhecendo o trabalho que está sendo feito e por isto tem nos ajudado”, disse, agradecendo o empenho de Osmar Filho e Weverton em contribuir para a melhoria e manutenção da instituição.

Weverton falou que a visita, agora como senador, foi, sobretudo, para reafirmar a parceria que já vinha desenvolvendo como deputado federal.  Ao longo de três anos, o parlamentar já destinou mais de um milhão de reais em emendas para o hospital, que estão sendo liberados gradativamente pelo Orçamento da União para o custeio e compra de equipamentos. “Acreditamos que esta luta deles, que já vem de décadas, é uma luta da sociedade maranhense. Só quem já viu algum amigo ou parente passando por isso sabe a dor que é ter que enfrentar uma doença terrível como essa”, pontuou o senador.

Presidente Bolsonaro manda suspender o uso de radares nas rodovias federais

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, determina ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio de despachos publicados hoje (15) no Diário Oficial da União, que suspenda o uso de radares fixos, móveis e portáteis até que o Ministério da Infraestrutura “conclua a reavaliação da regulamentação dos procedimentos de fiscalização eletrônica de velocidade em vias públicas”.

De acordo com o documento, a medida tem por objetivo “evitar o desvirtuamento do caráter pedagógico e a utilização meramente arrecadatória dos instrumentos e equipamentos medidores de velocidade”.

O despacho do presidente pede também que o ministério “proceda à revisão dos atos normativos internos que dispõem sobre a atividade de fiscalização eletrônica de velocidade em rodovias e estradas federais pela Polícia Rodoviária Federal”.

Fonte: Agência Brasil

Ao lado da presidente do Gedema e de deputados, Othelino Neto participa da Marcha das Margaridas em Brasília

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PC do B), ao lado de sua esposa, Ana Paula Lobato, presidente do Gedema, da procuradora da Mulher da Alema, deputada Helena Duailibe (SDO), e dos deputados Ricardo Rios (PDT) e Adelmo Soares (PC do B), participou, nesta quarta-feira (14), da 6ª Marcha das Margaridas, em Brasília, que reuniu milhares de mulheres de todos os cantos do Brasil e de outros países em protesto contra a retirada de direitos, o machismo e qualquer tipo de violência.

Nesta edição, a Marcha, considerada a maior da América Latina, teve como tema “Margaridas na luta por um Brasil com soberania popular, democracia, justiça, igualdade e livre violência”.

“Vivenciamos um momento histórico na Marcha das Margaridas, onde mulheres trabalhadoras do Maranhão se juntaram a outras dos mais diversos cantos do Brasil e protagonizaram esse grande movimento. Juntas, pararam a capital brasileira e mostraram sua força, unidas em um só clamor, na luta por seus direitos. A elas, nenhum direito a menos. Essa luta também é  nossa”, acentuou o presidente Othelino Neto.

Cerca de 100 mil mulheres estiveram na grande marcha, percorrendo cerca de 3 km entre o Parque da Cidade e a Esplanada dos Ministérios. A maior delegação foi a do Maranhão, que levou mais de mais de 80 ônibus com mulheres indígenas, quebradeiras de coco, agricultoras, camponesas, sem-terra, acampadas, assalariadas, trabalhadoras rurais, artesãs, seringueiras, pescadoras, ribeirinhas, quilombolas e outras do cenário rural, abrilhantada pelas batucadas das matracas e pandeirões do Boi da Pindoba, um dos maiores e mais tradicionais bumba-meu-boi da cultura maranhense.

Ana Paula Lobato, presidente do Gedema, presente na Marcha, somou-se à luta. “Nós nos juntamos com as margaridas – mulheres indígenas, negras e trabalhadoras do Brasil – para lutarmos por mais justiça, por mais igualdade, por mais democracia e sem violência em nosso país”, disse.

Bancada maranhense

A procurada da Mulher na Assembleia Legislativa, deputada Helena Duailibe, enfatizou a importância de estar presente na ação para mostrar a força da Bancada Maranhense. “Estamos nos ombreando a todos as mulheres para que elas saibam que no Maranhão nós estamos juntas, lutando para que todos os seus direitos sejam cada vez mais respeitados. Estamos aqui para mostrar a força da bancada do Maranhão, para dar força às mulheres, não só do nosso do nosso estado, mas de todo o Brasil”.

Já o deputado Adelmo Soares disse que o ato é uma oportunidade de ouvir as maranhenses. “Vamos continuar lutando em prol do nosso Maranhão, que veio para fazer história, reunindo mulheres lutadoras, que, com muito trabalho, perseverança e fé, lutam por seus direitos, igualdade e justiça. Esse é o nosso caminho, dar voz e vez ao nosso povo para que possamos construir um Maranhão e um Brasil de todos nós”.

Para o deputado Ricardo Rios, o ato é histórico e marca conquistas para as mulheres. “Nossas maranhenses guerreiras, nordestinas, merecem mais respeito, dignidade e nenhum tipo de violência. Estou muito feliz por estar aqui. Parabéns às nossas mulheres”.

Outros agentes políticos maranhenses, que atuam em defesa da mulher, estiverem presentes na Marcha das Margaridas, entre eles, a senadora Eliziane Gama, o deputado federal Bira do Pindaré e a secretária de Estado da Mulher, Ana Mendonça.

VÍDEO! Assessor de deputado é flagrado cuspindo em um porteiro de condomínio

O presidente da Câmara Legislativa, Rafael Prudente, assinou a exoneração de Haikal Luiz Vieira Rios nesta quarta-feira

A Câmara Legislativa confirmou, na quarta-feira (14/08/2019), a exoneração do assessor Haikal Luiz Vieira Rios, acusado de cuspir em um porteiro de condomínio no Itapoã, no último sábado (10/08/2019). Haikal era lotado na Comissão de Educação, Saúde e Cultura, presidida pelo deputado distrital Jorge Vianna (Podemos). As informações são do Metrópoles.

A exoneração foi assinada pelo presidente da Casa, Rafael Prudente (MDB). A saída do funcionário deve ser concluída com publicação do ato no Diário da Câmara Legislativa (DCL) de quinta-feira (15/08/2019).

O caso, registrado em vídeo, é investigado pela 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá) como injúria. A filmagem mostra Haikal discutindo com o porteiro, que está no interior de uma guarita. Exaltado, o assessor xinga o profissional de “babaca”, diz que não vai sair do local, manda o homem calar a boca e cospe no trabalhador.

Nesse momento, outro morador intervém e diz que o registro é exigência da administração. “Se você não sabe quem sou eu, eu toco essa m…, eu colaboro. Tá aqui a p… da placa do carro, o meu RG está na mão dele. Ele só pode é liberar. Não saio daqui nem f…”, exalta-se Haikal.

Em seguida, Haikal termina de beber uma garrafa de cerveja e senta no capô do carro, um Mercedes C-180. A confusão só acaba quando o advogado do condomínio chega, mas essa parte não aparece no vídeo.

De acordo com a delegada Jane Klébia, chefe da 6ª DP, será assinado um termo circunstanciado de ocorrência e o caso seguirá para a Justiça. A punição para injúria é de 3 meses a 1 ano de detenção, geralmente convertida em penas alternativas.

Exoneração

Ao tomar conhecimento do caso na noite de terça-feira (13/08/2019), o deputado Jorge Vianna disse, por meio de assessoria, que o servidor comissionado seria exonerado.

Na ocasião, a assessoria do deputado pontuou ainda que o distrital “apresenta os sinceros pedidos de desculpas pelo lamentável episódio, uma vez que esta não é a postura defendida e exigida pelo parlamentar à toda equipe de colaboradores, com a qual compartilha o mandato”.

Confira o vídeo: 

Pré-candidatura de Osmar Filho começa a deslanchar e recebe fortes apoios em São Luís

No dia 12 desta semana, segunda-feira, o blog publicou que restava ao pré-candidato Osmar Filho (PDT) iniciar as articulações e cair em campo por ser ele o nome preferido da ampla maioria dos aliados de Flávio Dino, já levando vantagens em relação ao seu concorrente interno, Rubens Júnior. Foi exatamente o que aconteceu.

Osmar Filho esteve em reunião com a  classe médica em encontro intermediado pelo médico vereador Gutemberg. Já no dia seguinte, sábado (10) participou ativamente do aniversário de 41 anos do Cohatrac, ao lado do vereador Pereirinha e lideranças daquela comunidade. Aliás, Osmar já foi morador do conjunto por vários anos.

Ontem, terça-feira, estava com movimentos comunitários e sociais do Bairro de Fátima, comunidade histórica no lançamento de candidatos vitoriosos para prefeito de São Luís, a exemplo de Gardênia Castelo, Jackson Lago, Conceição Andrade, Tadeu Palácio e João Castelo.

A agenda de Osmar começou a ficar lotada, ultrapassando os limites dos gabinetes fechados para ganhar as periferias, associações classistas e comunitárias. Além disso, a classe política que tem a simpatia pelo pré-candidato, decidiu arregaçar as mangas, a exemplo do deputado Glaubert Cutrim e dos vereadores Beto Castro e Paulo Victor ontem no Bairro de Fátima.

Como informou o blog no começo da semana, a ampla maioria dos vereadores, deputados federais e estaduais e senadores já deu claros sinais de engajamento na pré-campanha.

Em sendo assim, não será surpresa se o nome de Osmar Filho já despontar entre os quatro primeiros colocados na próxima pesquisa e o segundo até o final deste ano, fazendo o mesmo caminho do atual prefeito Edivaldo Holanda, que exerce o segundo mandato consecutivo como prefeito da capital. É só aguardar e conferir! (Com informações do Luís Cardoso)

Inteligência investiga ameaça de morte ao presidente Jair Bolsonaro no Piaui

O serviço de Inteligência da Presidência da República está investigando um morador de Altos (42 km de Teresina) , acusado de ameaça de morte ao presidente Jair Bolsonaro (PSL), ao fazer  um comentário da notícia “Tudo acertado para a chegada de Bolsonaro no Piauí: chega às 9h desta quarta-feira e faz sobrevoo”.

Como comentário da notícia , um leitor Antoni Mendes escreveu a mensagem :“Desta vez a faca não vai ser de mentira não”.

Fonte: Meio Norte