Entrega de vacinas infantis atrasa após 12 de 26 voos serem alterados

Mudanças nas operações de companhias aéreas provocaram atraso na chegada de vacinas infantis contra a Covid-19 aos estados

Chega ao Brasil avião com 2 milhões de doses da vacina Oxford/Astrazeneca

O diretor do Departamento de Logística do Ministério da Saúde, Ridalto Lúcio Fernandes, afirmou, nesta sexta-feira (13/1), que 12 voos contratados para envio de vacinas infantis contra a Covid-19 tiveram horário alterado pela companhia aérea, entre a noite de quinta-feira e esta manhã.

As alterações motivaram o atraso da chegada de doses aos estados. De acordo com Ridalto, as mudanças ocorreram por causa de problemas no embarque das cargas nos aviões. O afastamento de tripulações devido à Covid também impactou os voos.

“Temos um problema com a malha logística. Estamos vivendo um momento em que acontecem muitas alterações. Agendamos 26 voos — exceto para o estado de São Paulo, em que a carga não vai por avião. Havia 26 voos estabelecidos na informação original que tínhamos. De ontem para hoje, os voos foram sendo alterados. Tivemos 12 voos que foram trocados, 12 voos originalmente previstos não puderam ter as cargas embarcadas ou não partiram”, explicou.

De acordo com Ridalto, 11 voos já foram remarcados. No entanto, o voo do Piauí ainda não foi reagendado. “O voo do Piauí não foi embarcado porque a empresa não tinha tripulação para manter. Não havia voo para que pudéssemos embarcar essa carga”, pontuou Ridalto.

Atraso de cinco horas

Segundo o diretor, mesmo com as mudanças no horário de embarque dos voos, o atraso médio para a chegada das vacinas aos estados será de aproximadamente cinco horas.

“Tínhamos a previsão de que o último estado receberia as doses 36 horas depois que as doses chegassem ao Brasil. Hoje estamos trabalhando com 42 horas. Em muitos estados, temos já os voos concluídos e as vacinas entregues. A intenção é que tenhamos todas as vacinas enviadas hoje”, concluiu.

Fontes ligadas ao Ministério da Saúde informaram que diversas companhias aéreas podem ser contratadas pelo governo para enviar as vacinas. No entanto, a maior parte dos voos será realizada pela Latam, que doa o serviço.

A reportagem do Metrópoles procurou a empresa para prestar esclarecimentos, mas não obteve retorno até a publicação deste texto. Em nota, o Ministério da Saúde afirmou que o envio de doses pediátricas começou na madrugada desta sexta, e que as mudanças nas operações “não vão afetar” a vacinação.

“O Ministério da Saúde antecipou o envio das vacinas pediátricas aos estados e todas as doses serão entregues em menos de 48 horas após a chegada ao Centro de Distribuição. Normalmente este processo leva de 5 a 9 dias. A distribuição começou na madrugada desta sexta-feira (14) e as vacinas estão a caminho dos estados. Mudanças pontuais na logística dos voos não vão afetar o início da vacinação pediátrica, que dependem ainda do controle de qualidade dos órgãos competentes”, informou o órgão.

Nas redes sociais, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, também afirmou que as “mudanças pontuais nos horários dos voos em nada vão interferir no início da vacinação pediátrica”

Chegada de doses

De acordo com o Ministério da Saúde, a expectativa é receber 30 milhões de doses pediátricas até o mês de março.

Em janeiro, o país receberá 4,3 milhões de doses. “Além das unidades de janeiro, 7,3 milhões devem ser entregues em fevereiro e outras 8,4 milhões em março”, informou o órgão. As outras 10 milhões de vacinas ainda não têm prazo definido para chegar ao Brasil.

O primeiro lote do imunizante Pfizer para crianças de 5 a 11 anos chegou ao Brasil na madrugada de quinta-feira (13/1). O avião com 1,2 milhão de doses pousou no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). Depois, as vacinas foram enviadas ao Aeroporto de Guarulhos (SP), onde a equipe do Ministério da Saúde recebeu os imunizantes.(Metrópoles).

Acusado de matar ex-companheira a facadas no Maranhão é preso em Cocal

A morte da mulher chocou o município, inclusive, gerou uma revolta popular em que moradores acabaram ateando fogo no bar do acusado.

Homem matou a ex-companheira na cidade de Vitória do Mearim - Foto: Blog do Coveiro

Uma operação integrada entre a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC) da Polícia Civil do Maranhão e a Delegacia de Polícia Civil de Cocal, no Piauí, resultou na prisão de um homem identificado como Edmilson Gomes, mais conhecido como ‘Ceará’, de 47 anos, suspeito de assassinar a facadas a sua ex-companheira, identificada como Maria Lúcia Silva dos Santos, de 43 anos.

A prisão aconteceu na tarde de quinta-feira (13/01) no Bairro São Francisco em Cocal, município da região Norte do Piauí. O crime ocorreu na tarde do dia 14 de dezembro de 2021, na cidade de Vitória do Mearim, no interior do Maranhão. 

Conforme informações do Blog do Coveiroo casal havia se separado há pouco tempo e o homem não aceitava o fim do relacionamento. No dia do crime, a vítima se encontrava sentada em uma calçada em uma fila de recadastramento do beneficio de seguro, nas proximidades da colônia de pescadores da cidade, quando foi surpreendida pelo agressor, que lhe desferiu seis violentos golpes de faca.

Após o crime, o acusado fugiu em uma bicicleta e a mulher foi socorrida por populares e levada ao hospital local e posteriormente transferida a um pronto socorro da capital maranhense, onde chegou a ser submetida a intervenção cirúrgica, mas acabou não resistindo e vindo a falecer 12 horas depois de sofrer as lesões.

A morte da mulher chocou o município, inclusive, gerou uma revolta popular em que moradores acabaram ateando fogo no bar do acusado. Após a prisão, o suspeito foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Parnaíba, para os procedimentos que culminaram no recambiamento a uma unidade prisional maranhense.

Crianças com comorbidades e com deficiências serão as primeiras a se vacinarem contra covid-19 em São Luís

Segundo o prefeito da capital, Eduardo Brasil, a vacinação desse público terá início assim que a Prefeitura receber as doses do imunizante da Pfizer específico para o público infantil.

Vacinação contra a Covid-19 em São Luís — Foto: Divulgação/Prefeitura de São Luís

A Prefeitura de São Luís divulgou, nesta sexta-feira (14), como será realizada a primeira etapa de vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19 na capital. As primeiras crianças a receberem o imunizante serão as que têm comorbidades e as com deficiência física e neurodiversos, como TDAH, TEA e deficiência intelectual.

Segundo o prefeito da capital, Eduardo Brasil, a vacinação desse público terá início assim que a Prefeitura de São Luís receber as doses do imunizante da Pfizer, específico para o público infantil.

A previsão é de que o Maranhão receba 50 mil doses da vacina contra a Covid-19 para crianças, no fim da manhã desta sexta. E, de acordo com o governo do Estado, a distribuição deve começar ainda nesta sexta, para os quatro municípios da Grande Ilha de São Luís. O número de doses destinadas a cada cidade ainda não foi divulgado.

A prefeitura da capital informou que, para se vacinar, a criança deve estar acompanhada dos pais ou responsáveis. Além disso, será necessário levar os seguintes documentos:

  • Certidão de nascimento ou RG
  • Laudo médico ou receita médica que comprove a comorbidade
  • Cartão de acompanhamento para a comorbidade ou deficiência
  • Exames que comprovem a comorbidade

A prefeitura destaca que, as crianças que estiverem com sintomas gripais só devem ser vacinas após quatro semanas.

  • Centro de Vacinação – Sebrae
  • Centro de Vacinação – UFMA
  • IFMA Maracanã
  • Drive-thru do Shopping da Ilha
  • Drive-thru do CEUMA Renascença

O horário de atendimento será das 8h às 18h. E os locais terão espaços exclusivos para a aplicação das doses nas crianças.

Vacinação de crianças de 5 a 11 anos no Brasil

Ministério da Saúde divulgou na última quarta-feira (5) as regras para a vacinação de crianças de 5 a 11 anos – e abriu mão da exigência de receita médica para imunização dessa faixa etária.

Governo inclui crianças na vacinação contra a Covid 20 dias depois da recomendação da Anvisa

Governo inclui crianças na vacinação contra a Covid 20 dias depois da recomendação da Anvisa

Segundo o ministério, o primeiro lote de vacinas pediátricas deve chegar ao país no próximo dia 13. A distribuição aos estados começará a ser feita no dia seguinte, se o cronograma for cumprido – o que permitiria o início da vacinação nos municípios entre os dias 14 e 15 deste mês.

De acordo com o governo, a vacinação infantil ocorrerá:

em ordem decrescente de idade (das crianças mais velhas para as mais novas), com prioridade para quem tem comorbidade ou deficiência permanente e para crianças quilombolas e indígenas;

sem necessidade de autorização por escrito, desde que pai, mãe ou responsável acompanhe a criança no momento da vacinação;

com intervalo de oito semanas – um prazo maior que o previsto na bula, de três semanas.

Apesar de não exigir a receita médica, o Ministério da Saúde disse orientar que os pais “procurem a recomendação prévia de um médico antes da imunização”.

Segundo o IBGE, o Brasil tem cerca de 20,5 milhões de crianças nessa faixa etária.

G1MA

Auxílio emergencial retroativo é pago a 823,4 mil pais solteiros

Depósito foi feito pela Caixa nesta quinta-feira (13/1) em parcela única. Beneficiários receberam valores entre R$ 600 a R$ 3 mil

Fotografia colorida de pessoa contando dinheiro

Nesta quinta-feira (13/1), a Caixa Econômica Federal depositou o auxílio emergencial retroativo para 823,4 mil pais solteiros. Os valores variam de R$ 600 a R$ 3 mil, dependendo do total que o beneficiário recebeu entre abril e agosto de 2020.

O pagamento foi feito em parcela única por meio do aplicativo Caixa Tem. Para consultar se recebeu, basta acessar o site https://consultaauxilio.cidadania.gov.br/.

Apenas pais solteiros tiveram direito ao reatroativo, pois receberam a cota simples, de R$ 600, no pagamento original. Já mães solteiras receberam a cota dupla, de R$ 1.200, totalizando R$ 6 mil com as cinco parcelas.

O pagamento do retroativo é resultado da Lei Lei 14.171, de 10 de junho de 2021, que garante o dobro do valor do auxílio emergencial para famílias monoparentais, independentemente do sexo do chefe da casa. (Metrópoles)

Othelino apresenta PL que propõe Passaporte Vacinal em estabelecimentos e eventos no Maranhão

Othelino apresenta PL que propõe Passaporte Vacinal em estabelecimentos e eventos no Maranhão

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), apresentou o Projeto de Lei nº 001/2022, que propõe a obrigatoriedade de apresentação do comprovante de imunização contra a Covid-19 (Passaporte da Vacina) para acesso em bares, restaurantes, hotéis, pousadas, academias e eventos de maneira geral.

Segundo Othelino, o objetivo é resguardar a saúde dos maranhenses e incentivar a vacinação, uma vez que vem sendo registrado aumento do número de casos de contaminação pelo coronavírus.

“A vacinação é que tem contribuído para que não tenhamos casos graves de Covid-19 e mais internações nas unidades de saúde. Por isso, a exigência do Passaporte da Vacina para acesso aos estabelecimentos e eventos que reúnam grande público é fundamental, além de ser uma forma de estimular aqueles que ainda não se vacinaram a buscarem a imunização”, afirmou o parlamentar.

De acordo com a proposição, o documento físico ou eletrônico comprovando a vacinação deve ser exigido pelos estabelecimentos a todos os cidadãos que, de acordo com a sua idade, já estejam autorizados a tomarem o imunizante contra a Covid-19.

Aqueles que, por motivos médicos, não podem tomar qualquer tipo de imunizante contra a Covid-19 deverão comprovar essa condição para ter acesso aos estabelecimentos ou eventos.

Ainda conforme o PL, caberá aos responsáveis pelos empreendimentos a cobrança do Passaporte da Vacina, que pode ser emitido pela autoridade sanitária de cada município ou pelo Governo Federal por meio da plataforma ConecteSUS do Ministério da Saúde.

O texto prevê ainda que, em caso de descumprimento da norma, caberá às autoridades sanitárias a aplicação de eventuais sanções.

O PL foi publicado no Diário Oficial da Casa, na quarta-feira (12), e passará ainda pelas comissões temáticas de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e Saúde para receber parecer antes de ir à votação no  Plenário, em fevereiro, no retorno dos trabalhos.

VÍDEO! Ex-juiz arbitral é preso acusado de estelionato em Bacabal

Atire a primeira pedra quem nunca errou ...

Nesta quinta-feira (13), o advogado que trabalhava como juiz arbitral de Lago da Pedra, Caio Carlos, foi preso na cidade de Bacabal acusado de estelionato e crimes contra o idoso, crimes ocorrido em São Luís Gonzaga.

De acordo com o delegado Daniel Moura, a prisão ocorreu em comprimento a um mandado de prisão preventiva e de busca e apreensão, onde Caio e outro indivíduo foram presos.

Urgente: Caio Carlos é preso acusado de estelionato em Bacabal

As prisões ocorreram em decorrência de um inquérito instaurado pela Delegacia de Polícia Civil do município de São Luís Gonzaga, que investiga crimes de estelionato e crimes que afrontam o estatuto do idoso.

Além disso, o delegado afirma que um idoso foi vítima da dupla e teve um prejuízo de mais 88 mil reais. Os conduzidos estão na Unidade Prisional de Bacabal, onde ficarão à disposição da justiça. (Fonte: Blog do Carlos Barroso)

Confira o vídeo: 

UFMA divulga edital de concurso com 17 vagas e salário até R$ 4.180,66

Cidade Universitária, em São Luís — Foto: De Jesus/O Estado

A Universidade Federal do Maranhão (UFMA) divulgou edital de concurso público com 17 vagas para cargos efetivos na instituição, nos Campus São Luís, Imperatriz, Chapadinha, Codó, Bacabal, Pinheiro, Grajaú, São Bernardo e Balsas.

As inscrições vão do dia 12 de janeiro até 02 de fevereiro e podem ser feitas pelo site de concursos da UFMA. As taxas variam de R$ 70 a R$ 130, a depender no nível do cargo.

Isenção da inscrição

Pessoas inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e doadores de medula óssea podem solicitar a isenção completa da taxa de inscrição. O período para pedir isenção da taxa vai até 17 de janeiro.

Remuneração e jornada de trabalho

A jornada de trabalho para cada vaga será de 40 horas semanais e os salários vão de R$ 1.945,07 a R$ 4.180,66, podendo ser acrescidos de vantagens, benefícios e adicionais. Confira abaixo a lista com o quantitativo de vagas:

Vagas para o Concurso da UFMA

Cargo Total Ampla Concorrência Candidato com deficiência Cotas Salário
Assistente de Alunos – Nível C 1 1 * * R$ 1.945
Assistente em Administração – Nível D 9 6 1 2 R$ 2.466
Técnico de Tecnologia da Informação – Nível D 3 2 * 1 R$ 2.466
Técnico em Radiologia – Nível D 1 1 * * R$ 2.466
Técnico em Agropecuária – Nível D 1 1 * * R$ 2.466
Historiador – Nível E 1 1 * * R$ 4.180
Físico – Nível E 1 1 * * R$ 4.180

Mais de 1.100 famílias já estão desabrigadas ou desalojadas por causa das cheias dos rios no Maranhão

Em Imperatriz, uma das cidades mais afetadas pelas enchentes, até essa quarta-feira (12), já havia 279 famílias desabrigadas ou desalojadas, o que corresponde a cerca de 977 pessoas atingidas diretamente.

Sete cidades do Maranhão já decretaram situação de emergência por causa das fortes chuvas. — Foto: Reprodução/TV Mirante

Subiu para 1.126 o número de famílias desabrigadas e desalojadas por causa das fortes chuvas, que têm provocado as cheias dos rios no Maranhão. Por causa das enchentes dos rios, sete cidades do Estado estão em situação de emergência, sendo elas: Mirador, Grajaú, Barra do Corda, Jatobá, Paraibano, Formosa da Serra Negra e Imperatriz.

Segundo informações da Secretaria Municipal de Governo e Projetos Estratégicos (SEGOV), em Imperatriz, uma das cidades mais afetadas pelas enchentes, até as 15h dessa quarta-feira (12), já havia 279 famílias desabrigadas ou desalojadas, o que corresponde a cerca de 977 pessoas atingidas diretamente. No total, são 159 famílias desabrigadas, que estão sendo acolhidas em seis locais da cidade. E há 120 famílias desalojadas, que estão abrigadas na casa de parentes ou amigos.

O número de desabrigados e desalojados aumentou por causa do nível do Rio Tocantins, que voltou a subir nessa quarta, chegando a marca de 10,30 m, uma elevação de mais de três metros acima da cota de inundação.

Porém, de acordo com a SEGOV, o nível do rio deve ter subido ainda mais e o número de famílias atingidas diretamente pela enchente deve ser maior, pois, na noite dessa quarta, a usina hidrelétrica de Estreito aumentou a vazão de água na barragem para 17 mil metros cúbicos por segundo. Por isso, a tendência é que mais famílias tenham sido atingidas pela enchente. Os dados atualizados serão divulgados até as 12h desta quinta (13).

Equipes do 3º Batalhão de Bombeiro Militar (BBM), homens do Exército e Defesa Civil trabalharam durante a noite dessa quarta, para retirar as famílias das casas afetadas.

Na cidade de Mirador, o nível do Rio Itapecuru está baixando lentamente, segundo o Corpo de Bombeiros, marcando 4,67 m, até a tarde dessa quarta. Porém, apesar de ter tido uma diminuição acentuada do acúmulo de água nas vias públicas do município, alguns povoados ainda estão isolados por causa da inundação.

Ainda de acordo com o CBMMA, equipes do Corpo de Bombeiros continuam dando apoio ao município, prestando assistência humanitária às vítimas. Nos locais afetados pelas enchentes, estão sendo enviadas cestas básicas e medicamentos, que são distribuídos pelos militares e por agentes municipais.

Nas cidades de Trizidela do Vale e Pedreiras, o nível do Rio Mearim está com tendência de aumento, chegando a 5,93 m, próximo da cota de inundação.

Segundo o CBMMA, já há cerca de cem abrigos públicos prontos para receber a população em caso de desalojamento. Os bombeiros da 13ª CIBM e agentes das prefeituras já trabalham na retirada de famílias dos locais de maior risco na região.

Na cidade de Caxias, a cheia do rio Itapecuru também deixou cerca de 24 famílias desabrigadas. E a previsão é que esse número cresça com a enchente do rio, pois já choveu muito na cidade durante a noite dessa quarta.

O nível do rio chegou a 5,99 m, atingindo a cota de enchente. Segundo a Defesa Civil do município, a primeira região afetada pela enchente foi a zona rural, onde muitas famílias tiveram que deixar suas casas e em alguns povoados já há famílias isoladas. Na zona urbana de Caxias, há 8 áreas de risco, que são regiões ribeirinhas e de encosta de morros. Há quatro abrigos disponíveis para atender aos desabrigados.

Fonte – G1MA

Prefeitura de São Luís anuncia concurso para a Guarda Municipal

Serão 100 vagas ao todo. Segundo o prefeito, as provas devem ser feitas ainda no 1º semestre de 2022.

Guarda Municipal de São Luís — Foto: Divulgação/Câmara Municipal de São Luís

A  Prefeitura de São Luís anunciou na quarta-feira (12) a realização de concurso público para a Guarda Municipal.

Ao todo, serão 100 vagas, mas ainda não há data para a realização das provas ou a publicação do edital. No entanto, as provas já devem ser realizadas no 1º semestre de 2021.

Segundo o prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), é preciso realizar um concurso para a Guarda Municipal por causa do atual baixo efetivo, e também pela necessidades que o município enfrenta em suas ações de segurança.(G1MA)

Assembleia Legislativa do Maranhão abre inscrições para concurso com salários de até R$ 14 mil

Inscrições para o concurso ALEMA – Assembleia Legislativa do Maranhão | IEF Notícias

A  Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão abre, a partir das 10h desta segunda-feira (10), as inscrições do concurso público para o preenchimento de 66 vagas e formação de cadastro de reserva para cargos de nível médio e superior (veja o total de vagas no final da matéria).

As inscrições poderão ser feitas até o dia 14 de fevereiro de 2022, pela página da Fundação Ceperj na internet: https://ceperj.selecao.net.br/. A taxa é de R$ 95 para o nível médio, e R$ 140, superior. A aplicação das provas objetivas está prevista para o dia 1º de maio de 2022.

Segundo a organização do concurso, as inscrições efetuadas somente serão consideradas efetivadas após a comprovação de pagamento da taxa de inscrição que deverá ser feito até 15 de fevereiro.

Os salários iniciais são de:

R$ 14.178,80 – para Consultor Legislativo

R$ 7.249,59 – para Técnico de Gestão Administrativa

R$ 3.320,00 – para Assistente Legislativo

A jornada de trabalho será de 30 horas semanais.

Isenção da taxa

Para fazer seu pedido de isenção da taxa, o candidato deverá, após ter feito seu cadastro e preenchido o Formulário de Inscrição, acessar o ícone “Isenção”. O pedido pode ser feito de 10 a 13 de janeiro de 2022.

Podem pedir a isenção da taxa os candidatos que:

Tenham baixa condição econômica – sendo que o candidato pode solicitar a isenção utilizando o Número de Identificação Social (NIS);

Sejam doares de Medula Óssea/Sangue e Tecidos e Órgãos – sendo que basta o candidato, ao se inscrever, preencher o Formulário de Inscrição, bem como seu número de Doador de Medula Óssea/Sangue e Tecidos e Órgãos;

Tenham feito parte da mesa receptora de votos em Seção Eleitoral – sendo que basta ao candidato, ao se inscrever, preencher o Formulário de Inscrição e selecionar essa opção. A comprovação do serviço prestado deverá ser efetuada através do upload no Sistema de Gestão de Concursos do documento expedido pela Justiça Eleitoral, contendo o nome completo do convocado, a função desempenhada, o turno e a data da eleição.

As provas objetivas serão realizadas no dia 1º de maio de 2022. O candidato deverá chegar ao local de realização da prova com pelo menos uma hora de antecedência e não poderão consumir alimentos na sala.

As vagas

As vagas para os cargos de nível médio são: Assistente Legislativo Administrativo – Criador e Desenvolvedor de Web e Plataformas Digitais (2), Assistente Legislativo Administrativo – Criador e Desenvolvedor de Web e Plataformas Digitais (5) e Assistente Legislativo Administrativo – Tradutor e Intérprete de Libras (4).

Veja os cargos e total de vagas do nível superior:

Consultor Legislativo Especial – Direito Constitucional (2)

Técnico de Gestão Administrativa – Administrador (1)

Técnico de Gestão Administrativa – Administrador de Recursos Humanos (1)

Técnico de Gestão Administrativa – Analista de Sistemas (2)

Técnico de Gestão Administrativa – Analista de Suporte de Rede (2)

Técnico de Gestão Administrativa – Antropólogo (1)

Técnico de Gestão Administrativa – Arquiteto (2)

Técnico de Gestão Administrativa – Assistente Social (2)

Técnico de Gestão Administrativa – Biblioteconomista (1)

Técnico de Gestão Administrativa – Ciências Sociais (Sociólogo) (1)

Técnico de Gestão Administrativa – Contador (2)

Técnico de Gestão Administrativa – Controlador (2)

Técnico de Gestão Administrativa – Contador – Finanças Públicas (2)

Técnico de Gestão Administrativa – Dentista (2)

Técnico de Gestão Administrativa – Endodontista (1)

Técnico de Gestão Administrativa – Odontopediatra (1)

Técnico de Gestão Administrativa – Economista (1)

Técnico de Gestão Administrativa – Enfermeiro (3)

Técnico de Gestão Administrativa – Engenheiro Ambiental (1)

Técnico de Gestão Administrativa – Engenheiro Civil (3)

Técnico de Gestão Administrativa – Engenheiro de Segurança no Trabalho (1)

Técnico de Gestão Administrativa – Engenheiro Eletricista (1)

Técnico de Gestão Administrativa – Engenheiro Mecânico (1)

Técnico de Gestão Administrativa – Farmacêutico (2)

Técnico de Gestão Administrativa – Fisioterapeuta (2)

Técnico de Gestão Administrativa – Médico Cardiologista (1)

Técnico de Gestão Administrativa – Médico do Trabalho (1)

Técnico de Gestão Administrativa – Médico Otorrinolaringologista (1)

Técnico de Gestão Administrativa – Médico Ginecologista (1)

Técnico de Gestão Administrativa – Médico Urologista (1)

Técnico de Gestão Administrativa – Pedagogo (1)

Técnico de Gestão Administrativa – Programador de Sistemas (2)

Técnico de Gestão Administrativa – Psicólogo (2)

Técnico de Gestão Administrativa – Químico (1)

Técnico de Gestão Administrativa – Técnico em Comunicação Social (1)

Técnico de Gestão Administrativa – Revisor (Letras) (1)