Meningite já matou quatro pessoas em três meses e assusta a população de São Luís

O prédio da Secretaria de Saúde, no Calhau, em São luis

Quatro jovens morreram vítima de meningite nos primeiros meses deste ano na capital maranhense. A população está assustada, temendo um grande surto da doença, que pode causar a morte de centenas de pessoas.  A doença precisa ser combatida, com urgência, pelas autoridades da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

A mais recente vítima da doença foi o jovem Moisés Oliveira Lima, de 24 anos. Segundo relatório do Instituto Médico Legal (IML), Moisés morreu vítima de meningite. O quarto caso serve para alertar para um provável surto da doença fatal na capital maranhense.

A jovem Débora Sales foi a segunda vítima

A terceira vítima foi a estudante Taynara Sousa dos Santos, de 16 anos, que morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade Operária. Taynara era aluna da Escola Estadual Pedro Álvares Cabral, na Cidade Operária. A sala onde ela estudava foi interditada.

A segunda vítima foi a adolescente Deborah Sales, de 17 anos, que depois de internada na Unidade Mista do Conjunto Bequimão, acabou falecendo. A primeira vítima foi o estudante Lucas Gabriel Martins, de 21 anos, que morreu dia 27 de fevereiro.

O jovem Lucas Gabriel foi a primeira vítima

Governo descarta surto

Em nota divulgada em março, a Secretaria de Estado da Saúde descartou um surto da doença em São Luís, e informou que mantém contato constante com as coordenações de vigilância epidemiológica dos municípios e unidades regionais de saúde, para o acompanhamento de registro de casos de doenças transmissíveis. 

A SES informou, ainda, que os hospitais privados não informaram os casos ao serviço de verificação de óbito, impossibilitando a confirmação via exame laboratorial; familiares e demais pessoas que tiveram contato com as vítimas, foram avaliados e receberam a medicação para a quimioprofilaxia, seguindo protocolo do Ministério da Saúde (MS).

A doença     

A meningite é uma inflamação das membranas que revestem o cérebro e a medula espinhal, geralmente causada por uma infecção, normalmente viral. Mas a doença também pode ser causada por bactérias ou fungos. Existem vacinas para a prevenção de algumas formas da meningite. Os sintomas incluem a dor de cabeça, febre e torcicolo.

Dependendo da causa, a meningite pode melhorar com o tempo, com tratamento à base de antibióticos, ou ser fatal. Devem ficar atentas as pessoas que apresentarem os sintomas: Dores locais: costas, nos músculos ou pescoço; No corpo: calafrios, fadiga, febre, letargia, mal-estar, perda de apetite ou tremor.

Sintomas

Os sintomas podem aparecer também no aparelho gastrointestinal: náusea ou vômito; Na pele: erupções avermelhadas ou manchas vermelhas; Também é comum  alimentação insuficiente, confusão mental, sensibilidade a barulhos altos, irritabilidade, meningismo, respiração acelerada, sonolência e taquicardia (alteração no batimento do coração).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.