Bandidos que roubaram idoso no Renascença jogaram os R$ 10 mil na matas da Via Expressa

 

Mateus faz parte de uma quadrinha que age no Renscença

Segundo a polícia, os dois ladrões fazem parte de uma perigosa quadrilha, que está assaltando as pessoas, constantemente, na região do Renascença e do São Francisco

A Polícia informou que os dois bandidos que roubaram R$ 10 mil de um idoso que saia da Agência do Banco do Brasil, no Bairro do Renascença, jogaram a mochila com o dinheiro, nas matas da Via Expressa, quando estavam sendo perseguidos pelos policiais do Batalhão de Choque. Até o momento a polícia não informou se o dinheiro foi achado.

O assalto aconteceu quando o idoso sacou o dinheiro na agência do Banco do Brasil, no Renascença, e foi ao estacionamento do Tropical Shopping, para pegar seu carro.  Houve troca de tiros entre os bandidos e os seguranças do shopping. Um carro foi atingido.

Um carro foi atingido pela bala no vidro lateral

Fuga na contramão

Depois do tiroteio, os bandidos fugiram em uma moto, na contramão, pela rua estreita que vem da Via Expressa, e  dá acesso ao Ceuma e ao bairro do Renascença. No trajeto, já perseguidos pelos policiais, os bandidos jogaram a mochila com o dinheiro no matagal.

A polícia informou que prendeu um dos ladrões, identificado como Matheus Lopes Brandão, e apreendeu com ele uma arma e uma moto usadas no crime. Mateus foi encaminhado à 9ª Delegacia de Polícia, no São Francisco. O outro fugiu e está sendo caçado.

A agência do BB do Renascença tem sido alvo de bandidos

Saidinhas bancárias

Depois da prisão, Mateus foi apresentado no 9º Departamento da Polícia Civil, onde foi constatado que ele é membro de uma perigosa quadrilha de assaltantes, que age no Renascença e no São Francisco, principalmente roubando pessoas nas saidinhas bancárias.

Com Mateus, os policiais do Batalhão de Choque apresentaram na Delegacia do São Francisco uma motoclcieta, modelo FAN, 150cc, de placa NXP-7822, de cor cinza, e um revólver, Taurus, calibre 38, de numeração 137030, com seis munições, ainda intactas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.