Assaltante conta como atirou no rosto do dono da Academia Grand Fitness

Jackson Makson, frio, contou detalhes do crime

O Departamento de Combate ao Crime Organizado, da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), identificou o autor da tentativa de latrocínio contra o empresário e dono da Academia Grand Fitness, Otávio Ribeiro, de 36 anos, conhecido como “Tavinho”, baleado no rosto durante um assalto no bairro do Anil, em São Luís, no dia 5 de maio.

Segundo polícia, o autor da tentativa de latrocínio foi Jackson Makson dos Santos, que está preso desde o dia 12 de junho, após balear uma mulher no Jardim América e fazer uma idosa e o vizinho de reféns, dentro de casa, na Unidade 205, no Residencial Ilhéus, nas proximidades do Mateus da Cidade Operária.

‘Tavinho” ainda está com a bala ajojada na cabeça

Bala alojada  

Segundo a polícia, após ser reconhecido como autor da tentativa de latrocínio contra o empresário, Jackson Makson confessou o crime e afirmou que ficou nervoso durante o assalto e, por isso, disparou um tiro no rosto da vítima, que corre o risco de perder a visão, pois ficou com a bala alojada na cabeça.

Jackson Makson disse, ainda, que não agiu sozinho, pois teve a ajuda de um comparsa que pilotava a moto no momento do  crime. A polícia afirma que esse comparsa já foi identificado e deve ser preso nos próximos dias. “Tavinho” passou vários dias internados no Hospital São Domingos, em São Luís.

Veja o vídeo do assalto: 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.